Monday, August 08, 2005

A Senhora das Especiarias : Summer Dreams of India




Summer Dreams of India 
«Visto o vestido branco que Raven me ofereceu, todo de espuma e aroma de flores a envolver a elegância da cintura e da anca, todo ele sussurros e suavidade à volta das minhas pernas. Encho um saquinho de seda com raíz de lotus em pó, a planta do amor duradouro. Ato-o com um cordão de seda ao pescoço para que fique entre os meus seios que cheiram a mangas maduras.»

Chitra Banerjee Divakaruni, A Senhora das Espeçarias, 
Publicações Dom Quixote, 1º Edição, Fevereiro 2000



Edições Dom Quixote

A Senhora das Especiarias é um dos livros mais poéticos e sensoriais que li. Sensações que se desprendem ao longo das suas páginas e se espalham. Açafrão, pimenta do reino, canela, fava de baunilha, curcuma são algumas das especiarias que deliciam o nosso olfacto.

Chitra Divakaruni impregna de doce magia o quotidiano de uma cidade moderna. Com rara sensibilidade, fala da comunidade de imigrantes indianos, divididos entre seus valores tradicionais e o sonho americano. 




Tilo, é a narradora de A Senhora das Especiarias de Chitra Divakaruni. Ela vive em Oakland, embora tenha nascido na India conhece as propriedades mágicas e singulares de cada especiaria. Tem assim o dom  mágico de transformar seus ingredientes em poções para curar as pessoasde saber dar a cada cliente uma receita singular. 

Tilo capta o coração das pessoas, seus desejos e esperanças. Após um longo ritual, passa a dominar os segredos do bom uso das especiarias. Ela poderá alcançar a imortalidade se, entre outras condições, jamais sucumbir a desejos carnais. 

Uma mestra स्वामिनी (Hindi) deve esquecer as próprias paixões. Mas, apesar de ter assumido a forma humana de uma velha, Tilo se surpreende quando, um dia belo Raven entra no seu Spice Bazar बाजार (Hindi).

Subitamente, descobre a sua fragilidade ao apaixonar-se por Raven...


Chitra Divakaruni

A Senhora das Especiarias foi o segundo livro de Chitra Divakaruni, 1997, embora tenha sido publicado no nosso país só em 2000.

Foi adaptado ao cinema agora em 2005 com o titulo O Sabor da Paixão, mas confesso que não me seduz. 

Imbuido de uma prosa poética em que as sensações estão em cada virar de página, será um livro encantador, se se deixa envolver pelos aromas das especiarias numa narrativa singular.


Miosótis (pseudónimo)

08.08.2005
Copyright ©2005-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

2 comments:

projetosnopapel said...

adorei. linkei você no meu blog =)

Lune Fragmentos da noite com flores said...

Muito obrigada pela visita.