Thursday, August 06, 2020

E voltou... Agosto !



Não fiz o que mais queria.
Nem há tempo de cantar.
Basta que fiquem suspiros
na boca do mar. (...)

Cecília Meireles, Metal Rosicler, 1960

Voltou Agosto. Mês de rias. A caminho do final do ano. Sim, chega Setembro logo a seguir. E Outono. Depois Inverno. E finalmente termina 2020. Muitos de nós respiraremos, aliviados. Um ano tremendo. Como tantos anos, terminados em 20, de décadas passadas.

Agosto é para mim, um mês especial. Sonhador, alegre, nostálgico. O mar, a praia, as viagens curtas. O início deste meu canto. Quatorze anos.


Mas, e este ano? A praia, o mar, de longe. Apenas para perder o olhar, respirar. Inspirar. Expirar. Lembranças de outros lugares, outros mares, outras praias. Outros verões.

Pela memória poética passam, como num filme, imagens, lembranças, pessoas, aromas.

Este ano, um receio de tudo e de todos. Nada é igual. Nada será igual.

O que nos reserva o futuro? Não sabemos. O presente estamos a vivê-lo com cuidados redobrados.

Este ano até nisto é especial. As nossas férias serão diferentes, estranhas. Mas não podem deixar de ser as nossas férias. Em tempos de COVID-19, sim. E por isso, bem diferentes. 


Só a melancia, que se desfaz em água, nos traz a frescura e o sabor de Verão.

Mantenhamos o sorriso. É Agosto!

Miosótis (pseudónimo)

06.08.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Sunday, July 12, 2020

Falando de Pablo Neruda






Pablo Neruda [1904-1973]
créditos: Autor não identificado


"Depois de tudo te amarei
como se fosse sempre antes
como se de tanto esperar
sem que te visse nem chegasses
estivesses eternamente
respirando perto de mim. (...)


Pablo Neruda, Integrações


Pablo Neruda, pen name, de seu nome, Ricardo Eliécer Neftalí Reyes Basoalto, nasceu neste dia, 12 Julho 1904. Poeta chileno, considerado um dos mais importantes poetas da língua castelhana do século XX.  

Recebeu o Nobel de Literatura em 1971, enquanto ocupava o cargo de embaixador em França, nomeado pelo então presidente chileno Salvador Allende.

 (…) Senhores e Senhoras

“Não aprendi nos livros qualquer receita para a composição de um poema; e não deixarei impresso, por meu turno, nem sequer um conselho, modo ou estilo para que os novos poetas recebam de mim alguma gota de suposta sabedoria." (...)
Pablo Neruda, in discurso entrega do Nobel 1971





Pablo Neruda, 19 anos

O pseudónimo foi uma homenagem ao escritor checo Jan Neruda. Jan Nepomuk Neruda viveu entre 1834 e 189. É um dos principais representantes do Realismo checo. 

Neruda teria optado pelo pseudónimo aos 17 anos, supostamente para esconder do pai o ofício de poeta.

Foi aos 19 anos que publicou suas primeiras obras: Crepusculario (1923) e Veinte poemas de amor y una canción desesperada (1924)





Il Postino
Michael Radford, 1994

O filme O Carteiro de Pablo Neruda, tradução de Il Postino fala de Neruda, em determinado momento de sua vida no exílio. Todos vimos. E tantas vezes revemos. Pelo menos eu não me canso, sempre que passa em canais de televisão. A história efabulada do poeta, na Isla Negra, Chile, com sua terceira mulher Matilde. 




O Carteiro de Pablo Neruda
António Skámeta
edições Dom Quixote

O Carteiro de Pablo Neruda é uma adaptação do romance Ardiente Paciencia (1985) traduzido em inglês The Postman, do escritor chileno Antonio Skármeta

Narra a história de um jovem, filho de pescadores que não quis seguir a vida do pai e se torna carteiro. Vem a ser carteiro particular e amigo pessoal do escritor Pablo Neruda, exilado numa ilha em Itália, na década de 50.




O Carteiro de Pablo Neruda
Michael Radford, 1994

No filme, obra de ficção, a acção foi transpostada para Itália, onde Neruda - interpretado pelo excelente actor francês, Philippe Noiret, o Alfredo em Cinema Paradiso estaria exilado. 

Lá, na ilha, torna-se amigo do carteiro que diariamente visita a casa do poeta para entregar correspondência e se rende à poesia de Pablo Neruda. Um dia, enche-se de coragem, e pede-lhe para o ensinar a escrever poesia. Apaixonado por uma bela mulher da ilha, queria conquistá-la pela poesia.




Neruda alimenta o interesse de Mario pela poesia, ensinando-lhe o valor de uma metáfora, e o jovem carteiro começa a praticar essa figura de estilo.

Um filme delicioso, terno e sensível, em que a poesia é personificada pela voz do carteiro, simples, terno. O olhar de Mario Ruoppolo, o carteiro é sonhador. A candura, simplicidade e genuidade sem limites.

Momentos que mostram a magia do cinema. Um filme de emoções humanas. Na ligação da poesia ao amor, profundo, de Mario por Beatrice, tal Dante e sua Beatrice.






O Carteiro de Pablo Neruda
Michael Radford, 1994

Na amizade terna, sem pedir nada em troca. Na nostalgia. Na saudade. Na descoberta de lugares mágicos que existem sempre nos sítios em que vivemos. Mas precisamos de outro olhar que vem do sentimento íntimo, para os descobrir.

Il Postino celebrou 25 anos em 2019. Deveria voltar às salas de cinema. Suponho que teve uma sessão especial em Lisboa.



Neruda
Pablo Larraín, 2016
Mas há um outro filme, bem diferente, mas que queria referir, NerudaRealizado por Pablo Larraín e escrito por Guillermo Calderón. Com interpretação do excelente actor Gael Garcia Bernal.

Um inspector apanha o poeta chileno Pablo Neruda, vencedor do Prémio Nobel, que se tornara clandestino, no final da década de 1940, por questões políticas.





Não sei se passou por Portugal. Não lembro. E sou ou era ... muita atenta a filmes. O cinema era um dos meus privilégios de fuga ao quotidiano, no finai de tardes de sábado. 

Tantas coisas nos foram retiradas nesta época pandémica em que vivemos. A música, outro ponto de fuga. Saudades! Tantas!

Filme de produção internacional, foi seleccionado para representar o Chile, nos Oscar 2016, na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Mas não obteve nomeações.





créditos: TED ED
 Lição de Ilan Stavans


Pablo Neruda foi um dos mais celebrados poetas do século XX, e também um dos mais lidos, embora também mais polémicos. 

Originalmente escritos em espanhol, seus poemas apresentam uma linguagem simples do quotidiano que causam um impacto eterno. 


Te amo de uma maneira inexplicável,
de uma forma inconfessável,
de um modo contraditório.
Te amo, com meus estados de ânimo que são muitos
e mudar de humor continuadamente
pelo que você já sabe
o tempo,
a vida,
a morte.(...)


Pablo Neruda, in Te Amo


Miosótis (pseudónimo)

12.07.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com

Thursday, June 11, 2020

Yoga, filosofia ancestral : A Matilde






via Casa da Alma
''A espiritualidade não vem da religião.
Vem da nossa alma.''
🌈🙏 


 "Yoga does not transform the way we see things, it transforms the person who sees."

B.K.S. Iyengar

O Dia Mundial do Yoga celebra-se este mês, a 21 de Junho. A palavra Yoga significa união.

Tranquilidade, sintonia corpo e alma, bem estar infindável, associado a uma respiração fluida. Pranayama.
A união estabelece-se entre a alma individual e a alma universal. Tentamos ir de encontro, buscando no nosso íntimo, o divino que há em nós.






"O primeiro dos bens, depois da saúde, é a paz interior."

François La Rochefoucauld
O Yoga é uma filosofia ancestral que teve origem há 5,000 anos na India. Trabalha corpo, mente e espírito. 

A prática do Yoga potencializa o equilíbrio, a força, purificação física e energética, flexibilidade muscular e articular, concentração, foco e equilíbrio emocional, potencializado pela meditação.


E foi a prática que me levou a um grupo de yoga ao ar livre. Pessoas que não conhecia, sem ligações a nenhum dos elementos. Muito menos ao casal dinamizador das sessões e sua filha, 4 anos, Alma. Supunha eu...

Que me teria levado até eles? O acaso. Mas há acasos? Não. Acho que não. A lei da atracção da universalidade da alma 'humana'. Talvez.

Se o yoga leva ao crescimento da nossa consciência. E é um caminho de auto-conhecimento cujo destino é a união com tudo e todos. Aqui estava o acaso.

O yogy, vim a saber depois, é amigo de um familiar próximo. A yogy, filha de uma colega de curso da faculdade que deixara de ver há muitos anos, após terminarmos o curso. E Alma, a pequenina yogy que participava à sua maneira, das nossas práticas, seguindo os pais, sua neta.

Soube desta ligação há um ano, em reencontro de celebração aniversário de final de curso. Matilde com quem pouco contacto tivera, durante o curso, passou a ligar-me quase diariamente. Compreendi o que nos uniu naquele momento da vida. Um mês depois. Matilde, avó de Alma morreu. Faz um ano. 

Om Shanti! 
Sanskrit: ॐ संस्कृतम्

Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores para Matilde

11.06.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com

Saturday, May 23, 2020

Tarde de sábado : Hidden Figures, um filme a rever !





Hidden Figures
Theodore Melfi, 2016

Elementos Secretos, tradução de Hidden Figures (2016), o filme que preencheu parte da minha tarde de sábado. O dia estava ventoso, mas o sol mantinha-se desde manhã. Não aquele dia de calor anunciado. Aventurei-me. E sentei na varanda para fruir deste dom precioso. O sol!

Ao voltar à sala, passava na televisão um filme que já vira, mas que me marcou. 
De imediato me rendi ao conforto do sofá. Um filme que permaneceu na minha memória cinematográfica. Pela força dos factos, pela excelência das interpretações.

Hidden Figurestraduzido como Elementos Secretos, é baseado em factos verídicos, como foi amplamente divulgado na altura. A NASA dedica-lhe várias referências nos seu site oficial.




Hidden Figures
Theodore Melfi, 2016

Elementos Secretos conta a incrível história de três mulheres cientistas, afro-americanas que trabalharam na NASAKatherin JohnsonMary JacksonDorothy VaughanKatherin Johnson morreu este ano.

Estas três mulheres, engenheiras, hábeis matemáticas, estiveram na génese do lançamento do astronauta John Glenn para a órbita, um incrível feito que restaurou a confiança da nação, e agitou a corrida espacial.






Elementos Secretos é um filme que deve ser visto, pelos factos verídicos narrados, e pela diversidade do elenco. É um filme sem grandes rasgos, mas de grande importância histórica.

Interessante sim, pelo lado informativo da história da NASA, numa época em que os direitos dos negros não eram ainda reconhecidos integralmente. Muito menos o direito de igualdade de mulheres afro-americanas, licenciadas. E vale claramente pela excelente interpretação das três actrizes que personficaram as três cientistas ao serviço da NASA.

O filme merceu a nomeação para Melhor Filme nos Oscars 2017, nos Bafta e nos Golden Globes 2017. Venceu na mesma categoria nos Prémios do Sindicato de Actores de Hollywood.






Hidden Figures
Theodore Melfi, 2016

As actrizes Taraji P. HensonOctavia Spencer e Janelle Monae levaram para casa o Prémio pelo "desempenho excepcional de elenco num filme" atribuído  no Screen Actors Guild Awards. Um troféu equivalente ao Oscar de Melhor Filme. Merecido.




Hidden Figures
Theodore Melfi, 2016

Elas enchem o ecrã. De tal modo que actores como Kirsten DunstKevin Costner quase se eclipsaram.


Uma tarde de sábado de cinema em casa, com aromas de Verão.

Miosótis (pseudónimo)

23.05.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com


Saturday, April 04, 2020

Estou por aqui !






@dave_durden/ Pinterest


Quando vou à varanda e por lá fico, em silêncio a observar as plantas nos vasos,  e a perder o olhar no universo, reparo que nada mudou.

O Sol continua a brilhar - só hoje se escondeu - o vento continua a soprar e a levar as nuvens ao sabor da sua vontade. 

O verde voltou, esfuziante, cobrindo jardins em volta. E o arvoredo deixou de parecer fantasmagórico ao pôr-do-sol. Orgulhoso mostra-se emplumado de verdes folhas.

Os pássaros continuam a chilrear,  alegres em comunhão com outros pássaros, por entre a folhagem das árvores, lá em baixo. Á noite, continuam. Animação sonora, cortando o peso do silêncio das casas que nos rodeiam.


O mar, bem lá longe, parece sereno. Tenho saudade de ir ver o mar. Deixar  o olhar refugiar-se na sua tranquilidade, em dias de Primavera.


A Natureza continua seu ritmo, dir-se-ia indiferente ao flagelo que assola a Humanidade.

Premonitório o facto de não ter retirado a mensagem do canto direito, topo?

Precisamos da esperança, de nos atrevermos a sonhar, sem medos. Toda a humanidade. Abrir a porta. Sair. Rir com os amigos, abraçar a família, ouvir música. 

Voltar aqui para deixar uma mesagem negativista? Não. Já vivemos isso no dia-a-dia, no pesadelo que teima em prevalecer. Doloroso. Medonho.

Voltei para poisar a esperança. Até para minha própria sanidade. E a de quase todos nós. Vamos todos ficar bem!

"Eu encontro esperança nos dias mais sombrios, e foco-me nos mais brilhantes. Eu não julgo o universo."

Dalai Lama


Miósotis (pseudónimo)

04.04.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com

Friday, March 20, 2020

Fico em casa, lendo Yosa Buson







via Amazon France



partir em viagem?
fico em casa
na companhia de flores de cerejeira.


Yosa Buson, [1716-1783]
in Os Quatro Rostos do Mundo, Haikus
Assírio & Alvim, Março 2020


Um poeta que admiro e de quem já lera vários haikus. 



Miosótis (pseudónimo)


20.03.2020

Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Saturday, February 15, 2020

A propósito de Oscars ! Decepções ? Algumas !






Joaquin Phoenix
Melhor Actor Principal 
Joker
credits: Getty Images
via FoxNews

"I think that we’ve become very disconnected from the natural world and many of us, what we’re guilty of is an egocentric world view. A belief that we are the center of the universe."

Joaquin Phoenix






Joaquin Poenix
Joker
Todd Phillips

O esperado Melhor Actor PrincipalJoaquin Phoenix, no filme Joker. Sem sombra de dúvidas. Fabulosa interpretação. E uma tremenda transformação física. Arrepiante.

Chegámos então à noite dos Oscars. A noite de todos os sonhos. E de tantas decepções. O brilho, a magia, esses têm ficado pelo caminho.

Outros tempos. Outros interesses. Alguma demagogia?




Bong Joon Ho, produtoress & actores
credits: Chris Pizzello/ AP
via the Independent.co.uk

Primeira decepção? Oscar para Melhor Filme, Parasite, entregue por Jane FondaParasitas

Certo. Palme d'Or no conceituado Festival de Cannes 2019. É o festival dedicado ao cinema experimentalista. Um festival engagé. Sempre o foi. Mas nos Oscars?!

Premiado nos SAG Awards, galardão do Sindicato dos Atores dos EUA, Melhor Elenco de Filme. Também, venceu nos Golden Globes como Melhor Filme Estrangeiro. Tudo bem. Mas, Hollywood


Parasite
Bong Joon Ho, 2019

Vi o filme. Com algum sacrifício, devo confessar. Parasite não conseguiu agarrar-me. Embora com forte mensagem política e social. Senti-me desligada das personagens, um pouco entediada. Uma amálgama de sentimentos dispares. Resisti, e fiquei até ao final. Saí da sala decepcionada, quase enfadada. E a cena final, macabra, à la Tarantino.




Oscars 2020
credits: Getty Images

92ª Cerimónia Oscars 2020 foi difundida pelos canais FOX. Sem surpresas, depois 2019. E em live stream tv free no canal ABC que dificultava bastante os cinéfilos que chegavam da Europa. Sobretudo oriundos dos países da UE. 

A cerimónia dos Oscars é sempre algo que seduz. Sobretudo, os apreciadores de cinema. Embora o nível audiências continue a descer. Culpa? Mas, bom, eu adoro cinema. E lá estive, frente ao televisor, bem instalada. Sem pipocas. Até ser vencida pelo sono.


Mais decepções? Tantas ausências! Consagrados nomes. Actrizes, actores, realizadores. E o glamour? 

Poucos resistentes, presentes. Al Pacino, Robert de Niro (não escondeu seu enfado), actores já galardoados. Nomeados, mais uma vez, em The Irishman - filme nomeado - de Martin Scorsese. Quando será este imenso realizador reconhecido?

Bem, pelo menos o realizador sul-coreano Bong Joon Ho, premiado, prestou-lhe homenagem ao receber o Oscar de Melhor Realizador. Nem Scorsese esperava!

apresentação da cerimónia, feita por nomes ligados ao cinema, nas suas várias áreas, permitiu colmatar algumas das críticas feitas. Só em parte.

A não nomeação de mulheres realizadoras foi demasiado notória. Apenas Greta Gerwig fez questão de estar presente. E muito bem!




Greta Gerwig, Saoirse Ronan, Margot Robbie
credits: © Selfie 

Realizadora de Little Women, filme baseado no livro de Louisa May Alcott. Nomeado para Melhor Filme (ao menos isso). A competição era renhida. Mas sair apenas com o Oscar de Costume Design, entregue à sua criadora, Jacqueline Durran?





Natalie Portman
credits: Robyn Beck/ AFP 
via Getty Images

E até Natalie Portman fez da sua capa, um protesto à ausência de mulheres realizadoras nas nomeações. Gravados os nomes das realizadoras ignoradas. No entanto, a(s) crítica(s) fizeram-se ouvir no sentido de a citarem como 'hipócrita'(?) 
Algo que não ficou bem. A briga gerada entre Portman e a actriz activista Rose McGowan. 

Voltando aos filmes nomeados. Alguns ainda não exibidos nas salas de cinema. É o caso de The Irishman, outros disponíveis em vésperas da cerimónia. Mas vi alguns outros, com ou sem nomeações.




Judy
Rupert Goold

Dos filmes nomeados com actrizes premiadas que ainda não vi: Judy, baseado nos últimos anos da actriz e cantora Judy Garland. E Marriage Story, com interpretações das conceituadas actrizes, Renée Zellweger, Melhor Actriz PrincipalLaura Dern, Melhor Actriz Secundária, respectivamente.





Renée Zellweger
credits: Getty Images
Judy
Rupert Goold





Laura Dern
credits: Rob Lstour/ Shuterstock
Marriage Story
Noah Baumbach

Vi Once upon a time in Hollywood de Quentin Tarantino. Gostei imenso. Divertido, numa história de amor a Hollywood, mas bem ao jeito de Tarantino! Bastante mais equilibrado. Brad Pitt, Melhor Actor Secundário. Merecido. Está no seu melhor!

E vi também Pain and Glory, filme autobiográfico de Pedro Almodóvar no registo intimista em que se teu pautado nos seus últimos filmes. Antonio Banderasnomeação para Melhor Actor. Galardoado nos Bafta Awards




Richard Jewell
Clint Eastwood

E dois filmes baseados em factos reais de uma América recente. Richard Jewell, contado por Clint Eastwood em estilo documental. Eastwood é excelente (como sempre), na narrativa dos 'vícios' do seu país. E não só. Um dos meus realizadores favoritos. 

Sobressaem imenso as interpretações dPaul Walter Hauser e a notável Kathy Bates. Nomeação Melhor Actriz Secundária.

BombshellBom! Baseado nos factos reais que abalaram o sistema de Hollywood. Sem muito a acrescentar, mas com excelentes interpretações de Charlize Theron, Nicole Kidman e Margot Robbie. E talvez a verdade sobre alguns factos. Não seria de esperar outra coisa, já que Charlize Theron é produtora do filme.






Não vi ainda 1917 de Sam Mendes. Nao vou perder, certamente. O grande derrotado da noite. Tinha nove nomeações. Inesperado. E talvez injusto. Para mim, sem dúvida. Conheço Sam Mendes de outros filmes, e alguns bons actores que fazem parte do elenco. Collin Firth ou Benedict Cumberbatch.





Ford vs. Ferrari
James Mangold, 2019

Esquecidos? Christian Bayle, em Ford vs. Ferrari, em Portugal, Le Mans '66: o Duelo. Nomeado nos Golden Globes, Melhor Actor. Mas ignorado nos Bafta e Oscars 2020. E, no entanto, uma fabulosa interpretação na recriação de célebre racer de Formula I, Carroll Shelby. Bale é um dos melhores actores da nova geração.

Richard Jewell de Clint Eastwood, embora com uma nomeação para a fantástica Kathy Batescomo Melhor Actriz Secundária.


Enfim, quase uma semana, após a Cerimónia dos Oscars. Mas, há ainda filmes a ver...


Miosótis (pseudónimo) 

15.02.2020
Copyright ©2020-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®