Sunday, January 06, 2008

Mulheres que lêem...




(...) derrière le bonheur de la femme qui lit court une réprobation toujours renouvelée, qui va jusqu'à la persécution. Car son plaisir est une honte, et son abandon, un vice.(...)

Elke Heidenreich, Préface


Laure Adler & Stefan Bollmann, Les Femmes qui lisent sont Dangereuses, 
Flamarion, 2006

As mulheres que lêem foram na realidade, desde a Antiguidade, consideradas perigosas e muito perseguidas!

Sapho é tida historicamente, como a primeira mulher poeta. Viveu no séc. VII a.C. na Grécia. Célebre e apreciada, apenas chegaram até nós fragmentos e citações esparsas feitas por outros autores. Diz-se que a sua poesia era lírica e que o tema favorito era a paixão amorosa.


Sapho (fresco de Pompeia)


Sapho 
Este é tido como um dos poucos fragmentos que chegaram até à Modernidade.

Sapho - Fragmento 98

Sapho


Hipátia de Alexandria (360 d.C. - 415 d.C.)
Gravura provável: Gasparohttp://pt.wikipedia.org

"Havia em Alexandria uma mulher chamada Hipátia, filha do filósofo Theon, que fez tantas realizações em literatura e ciência que ultrapassou todos os filósofos de seu tempo. Tendo progredido na escola de Platão e Plotino, ela explicava os princípios da filosofia a quem a ouvisse, e muitos vinham de longe receber seus ensinamentos."

A Vida de Hipátia, Sócrates, o Escolático
, História Eclesiástica 

A sua eloquência, beleza e dotes intelectuais atraiam muitos alunos. 

Hipatia simbolizou o aprendizado e a ciência, que os primeros cristãos identificavam com o Paganismo. Por este motivo foi cruelmente assassinada.



Utagawa Toyokuni (1769-1825)




Judy reading
 | Linda Craddock
http://www.lindacraddock.ca



Andrey Viktorovich

http://3.bp.blogspot.com

Mas perigosas porquê? Porque lêem? Talvez porque reflectem, porque pensam, porque reagem, porque opinam!

Porque são mais criativas, mais apaixonantes e porque não mais apaixonadas?


As coisas pioram, se a essa inteligência está associada a beleza física! Aí há toda uma pressão social que ainda continua a ser sentida! Isto é um facto! As mulheres não perdoam! E os homens temem-nas! (?)

"Les hommes prennent - souvent - les femmes belles pour des connes."

Laure Adler, Les femmes qui lisent sont dangereuses, Flamarion, 2006

Confesso que não comprei nem li o livro, embora ao folheá-lo me parecesse bastante interessante pelo facto de o texto estar bem documentado e inclua um vasto e conceituado historial fotográfico.

Mas, não estava nas minhas prioridades. Afinal outros livros me encantavam!

Paridade cultural é desejável, não lhes parece? Se assim não for, qualquer tipo de relacionamento termina! Pela falta de esforço de alguém na sua própria evolução.

A construção de um relacionamento em conjunto tem muito mais sabor! E uma mulher inteligente é muito mais interessante. Esta é a minha opinião!

Há felizmente casos bem sucedidos! Mulheres cultas e lindas que encontram homens fortes, que apreciam nelas precisamente a beleza associada à inteligência. E evoluem par a par. Mas não são muitos...


Bom, tudo isto vem a propósito porque Art, não temendo uma mulher que lê, me brindou com


Nesta base, devo nomear sete espaços que gosto de ler. Se não se ofenderem, sobretudo Art, prefiro deixá-lo aberto a sete mulheres pensantes que por aqui passem e se detenham a ler!


Miosótis (pseudónimo)



fragmentos da noite para Art of Love ao som de Waitin' On a Sunny Day Bruce Springsteen

06.01.2008

Copyright ©2008-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com  

Licença Creative Commons 


28 comments:

O Puma said...

Regressa mais vezes

Mar Arável said...

GOSTEI DO TEU BLOG

UMA MULHER POIS CLARO

COM VIDA POR DENTRO

Å®t Øf £övë said...

Miosótis,
Concordo que a inteligência associada à beleza física pode ser uma mistura explosiva, mas na verdade não a temo, bem pelo contrário, gosto de mulheres assim, ou melhor dizendo de pessoas assim, porque é com pessoas evoluidas que nós podemos aprender, e tornarmo-nos melhores, e não a rodearmo-nos com pessoas que nos são inferiores.
As pessoas que escolhem seres que consideram inferiores a si mesmos para suas companhias, normalmente são pessoas que não acreditam nas suas próprias capacidades, porque as pessoas realmente capazes gostam de se rodear por pessoas de preferência melhores que elas, porque só assim conseguem evoluir.
Infelizmente é assim em todo o lado, e em todas as areas, então em termos profissionais...
Mais uma vez te dou os Parabéns pelo prémio, porque na minha perspectiva ele te assenta muito bem.
Beijinhos.

O Profeta said...

Mas, minha querida amiga, as mulheres mesmo sem ler, são perigosas...tu és uma escepção, será porque lês muito e bom...


Doce beijo

Twlwyth said...

Miosótis,

Espalhas palavras inteligentes no teu espaço. Fica sempre a vontade de regressar.
Infelizmente, a 'inteligência' tem o lado negativo de uma insatisfação quase permanente com o que nos rodeia (falo por mim, claro).
Aguardo a tua visita aos fios dourados e desejo-te um ano com muita inspiração para continuares a encantar aqui nos fragmentos e na tua vida.

DarkViolet said...

Não se justica que as obra dos homens seja mais conhecido que das mulheres. Todos temos poderes criativos... Há quem deseje mulheres e homens menos cultos. Não concordo com uma parte de Laure Adler. Cada vez acho mais que os homens vivem muito mais a paixão e o Amor. Quem teme um homem?lol

Tiago said...

Não era para comentar este post, não por concordar ou discordar, somente por não ir acrescentar nada a um tema vasto e fértil para a discussão. no entanto, algo sobressai nisto que foi escrito, perigoso, sim é! A mente que lê! e pensa!

uma boa semana

Miosotis said...

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos' 'Puma'!

Miosotis said...

Não duvides 'mar'!
Uma mulher que lê sou certamente :)

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Miosotis said...

Olá Art,

Eu sei que gostas de mulheres bonitas e suponho que inteligentes também :)

Mas há uma coisa muito importante também: mulher linda, inteligente... se não for de bom coração, perde quase todo o seu encanto!

E muitas vezes, os homens não conseguem ver a beleza interior... não esquecendo que regra geral fogem ao som da inteligência.

Muito sensibilizada pela atribuição do prémio!
Já não é o primeiro que me ofereces... é sinal que 'me' gostas!

Espero que todas as 'premiadas' tenham correspondido :)

Um beijo carinhoso

Miosotis said...

... e talvez porque tenha bom coração, 'Profeta' :)

Sensibilizada pelo teu olhar carinhoso em 'fragmentos'!

Um beijo

Miosotis said...

Olá 'twlwyth',

E que bom rever teu olhar por aqui!

Esse lado da 'inteligência' eu também conheço profundamente...

Sensibilizada pelos votos aqui deixados. Retribuo-os com o mesmo espírito!

Um abraço,

Claro que visitarei teu espaço! Tive a sensação que paraste em determinado momento...

Miosotis said...

Ainda bem que assim pensas, Dark_...

Hum!! Tu achas que sim?!
É que eu vejo homens cada vez mais 'ausentes' do Amor. Paixão pode ser outra coisa...

Embora eu considere que tem que haver paixão no amor ;)

Bom, respondi um pouco à tua 'simpática' provocação, nada 'dark' desta vez!

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Miosotis said...

Eu sei, Tiago...

Agora, onde leste tu no que escrevi perigo?

Sensibilizada pelo teu olhar 'registado' em 'fragmentos'!

Uma boa semana para ti também

Mateso said...

"Cogito Ergo Sum" creio ser o principio de todos nós. Mulheres, Homens, Seres Humanos ,em suma. Ser mulher é um dom porque para além de ser inteligente é também ser sensível, humano e belo seja interior ou exterior. Possuimos algo inexplicável, que dizem ser intuição. Será? Creio, quanto a mim,ser apenas a compensação de algo que a história do mundo nos foi roubando.
Mulher é vida, amor, intelência, dádiva , esquecimento e sobretudo força do porvir.
dufay

MiguelGomes said...

Perigosas não... Algo mais ;)

Fica bem,
Miguel

herético said...

brilhante texto. respira vida e beleza...

(a minha "costela feminina" rejubila. rss)

Tiago said...

Perigo?!
"Perigoso"?! "Dizem" que é aquele que por si pensa, partilha a opinião e age. Tomado por "perigoso", ou apenas consciente de si e dos outros, os que o rodeiam.
Perigo no que escreves?! Perigoso o suficiente para o lerem e irem comentando :)

Nilson Barcelli said...

Já há muito tempo que não vinha aqui.
Gostei deste post, até porque li coisas que não sabia (Saphos).

As mulheres cultas e inteligentes, ainda hoje, são de facto incómodas para muita gente. Mas os homens com iguais atributos, também. Uns e outros constituem alvos a abater pela mediocridade reinante...

Bfs, beijinhos.

Spells said...

Olá...
Concordo com quase tudo o que aqui está escrito mas tb gostava de salientar que encontramos bastantes mulheres que não lêem e são tão ou mais cultas, tão ou mais apaixonadas/apaixonantes que todas as outras que lêem... a vida e muita gente por vezes torna-se num livro bastante complexo.

Bom fim de semana

Miosotis said...

Não sei bem, 'Mateso'... se é uma questão de história!
Sei sim que a mulher tem uma identidade muito própria, bem como o homem! E deve cada um assumir a suas capacidades/sensibilidades, sem medos nem receios... e não cair nunca no excesso de atitudes/comportamentos.

Agora, que continua a ser difícil uma mulher inteligente, bonita, culta ser aceite... continua!

Eu jamais quereria 'medir' forças com um ser no masculino porque me sinto e sou bastante feminina!

A citação que aqui deixaste é muito sensível! Dufay, o músico?

Sensibilizada pelo olhar poisado em 'fragmentos'!

Miosotis said...

Hum!! Algo mais, Miguel?! O quê...?

Sensibilizada pelo olhar 'provocatório' :)

Bom fim-de-semana!

Miosotis said...

Ao assumir a tua 'costela feminina'... já demonstras que és um homem sensível, 'Herético'!

Um beijo

... não sinto em mim nenhuma 'costela masculina' :)

Miosotis said...

Apenas consciente de si, dos outros, do mundo que a/o rodeia, é o que penso, Tiago!

E uma grande vontade de saber, sempre!

Perigo no que escrevo.... continuo a não sentir/ver!

Bom fim-de-semana!

Miosotis said...

É verdade, mesmo, 'Nilson'! Há muito tempo...

Saphos foi efectivamente a primeira mulher [que a história domine...] que se atreveu a assumir a vontade de se cultivar e a mostrar essa cultura, nos escritos!

Acho que tens razão... o Ser que se atreve a sair da 'mediocridade' reinante, é sempre 'perseguido'!
Mas as mulheres são mais 'sofredoras'...

Sensibilizada pelo olhar [re]poisado em 'fragmentos'!

Bom fim-de-semana!

Um beijo

Miosotis said...

Olá Nino,

É muito possível que assim se passe! Melhor do que ninguém... tu o saberás!

... todos somos um 'livro complexo' que, muitas vezes, os outros estragam porque o abrimos confiadamente.

Sensibilizada pelo olhar poisado em 'fragmentos'!

Bom fim-de-semana!
Um beijo

...esqueceste o sorriso...

Spells said...

Um sorriso! :)

Miosotis said...

Obrigada...
[resposta a 'spells']