Sunday, November 05, 2006

O Ilusionista : filme





The Illusionist, 2006
http://www.imdb.com/

"He's a Magic Man."

Karen Durbin (
ELLE)


Sábado chuvoso. Nada melhor do que uma sessão de cinema. Entre música, livros e cinema, eis as três sombras por onde divago nestes silêncios da vida.

Apressadamente, passei os olhos pelo sítio web oficial do filme The Illusionist e logo dois actores - Edward Norton e Paul Giamatti - me convenceram de imediato. Sem hesitação!

Paul Giamatti, intérprete do bem recente The Lady of the Water, Edward Norton em papéis controversos, de grande qualidade e nobreza de interpretação. Um porte esplendoroso!

Uma fábula elegante baseada na obra Eisenheim The Illusionist do premiado Pulitzer Stephen Millhauser por onde perpassa a arte, o amor e a intriga política na Viena barroca dos Habsburgs, no virar de 1900.

Uma alquimia latente desde o primeiro encontro de um ilusionista de origem humilde com uma jovem duquesa. Um e outro vão deixar seus corações irremediavelmente presos num amor proibido.




Edward Norton

Afastados durante anos, voltam a cruzar-se mais tarde, quando ele volta à cidade, numa trama que ultrapassará toda a previsibilidade dos espectadores pelo tom convincente, majestoso, enigmático que Edward Norton imprime tão naturalmente à personagem.

O jovem ilusionista de quem se desprende um imenso magnetismo, obtido segundo uma das lendas, ao cruzar-se com um mago durante um passeio campestre, consegue convencer o ambicioso inspector policial - Paul Giamatti - para quem a magia e o ilusionismo são, ao mesmo tempo, um forte atractivo e fonte de entretenimento nas horas de ócio.

Um filme cativante, numa adaptação talentosa de Neil Burger, realizador de Entrevista com o Assassino (2002) construída num elo que gira em volta de ingredientes tão fascinantes como romance, intriga política palaciana, mesclados de hipnose, com muitos conceitos freudianos, e suspense, numa senda de pistas habilmente encadeadas, e encontros sabiamente forjados.



O Ilusionista

A noção de tempo que este mágico apresenta a partir de uma laranja que depois de extraída a semente, se transforma numa laranjeira em pleno representação é espantosamente filosófica e deixa-nos pensativos sobre o que todos nós fazemos do tempo ou sentimos acerca dele.

O lenço de mão que esvoaça seguro por duas cintilantes borboletas - a simbólica da borboleta tem uma forte incidência amorosa na trama - até à espada do herdeiro, em incursão sobre Excalibur, ligada às lendas arturianastudo isto faz deste filme um incrível momento de magia, beleza, atravessado sempre de mistério e magnetismo que passa da audiência do teatro local, para a sala de cinema, já que filmado subtilmente em luz muito ténue e difusa, até ao momento do desvendar da verdade.




Edward Norton & Jessica Biel
The Illusionist

Aí, a tela inunda-se de luz num ambiente contrastante, campestre, chamando à realidade os espectadores, como se despertados fossemos de um sono hipnótico onde o encantamento prevaleceu num toque de magos.


De assinalar a banda sonora do renomado compositor de música contemporânea, Philip Glass, sóbria, minimalista, realçanso mais o suspense que atravessa todo o filme, bem como a fotografia esplendorosa de Dick Pope num jogo contrastante de claro/escuro.

"Romantic... smart... gorgeous!"

Bob Mondello,
NPR


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite e dia, impregnados de chuva e sol, em tons de azul-breu, cinza-azul claro, luminosidades contrastantes d'alma, em tempo de interioridade.

4/5.11.2006

Copyright ©2006-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

Licença Creative Commons


16 comments:

BlueShell said...

Que saudades que eu tinha de te ler.....
Gostei
Jinhos, BShell

Clife said...
This comment has been removed by the author.
Clife said...

"Tout ce que je connais de moi c'est ce que me raconte le vent: la médiunnité des branches qu'il agite." Natália Correia

Mui bien, vejo que temos aqui uma admiradora de um alguém destas ilhas de bruma em que habito (:

E, o Ilusionista? Ora, Miosotis... assim fazes aumentar a minha lista de filmes que tenho de ver ;) beijos...

espero que estejas bem

Spells said...

Por acaso fui ver esse filme ontem.. adorei... uma excelente interpretação de Edward Norton e Paul Giamatti... suspense do princípio ao fim... aconselho vivamente... já agora permite-me fazer publicidade a um filme que tb vi à uns tempos e merece destaque: Volver de Pedro Almodóvar, achei extraordinário...
uma boa semana para todos vcs, e um beijinho para a "dona da casa". :)

CarpeDiemBeHappy said...

Vou seguir o teu conselho e vou ver o filme!!

Beijinho

Miosotis said...

BShell, mt sensibilizada pelas tuas palavras bem afectuosas.

Eu tb gostei mt de ver teu olhar de novo aqui poisado.

bjs

Miosotis said...

Sim, sou uma gd admiradora de Natália Correia, Clife!
Considero-a uma das maiores 'poetas' - era assim q ela exigia ser apelidada e com tda a razão, já q a cultura greco-latina considerava as 'poetisas', autores menores :(

Tem uma sensibilidade mt bonita!
Foi tb uma gd defensora da língua portuguesa!

Sem dúvida, tens q ver "O Ilusionista", querido amigo!

bjs

Miosotis said...

Sem dúvida, Spells... um excelente filme com interpretações fabulosas dos actores mencionados. E Norton está 'fantástico' no papel de 'mago'!

Qt a 'Volver'... tb gostei imenso de ver Almodovar cada vez mais 'refinado' na sua personalidade cinematográfica. Escrevi sobre esse filme aqui neste espaço em Setembro [10, 2006].

Mt sensibilizada pelo teu olhar poisado na 'minha casa'...

bjs

Miosotis said...

Acho q vais gostar 'Carpe'!

Mt sensibilizada por ver de novo teu olhar aqui poisado...

bjs

Cris said...

Edward Norton!!! Palavra mágica Acho-o um excelente actor!

Certo e sabido que vou ver o filme! Tens sempre boas recomendações!!

bjkas Grandes
Cris

Tiago said...

ola miosotis, ja tinha aqui passado, mas nao comentei pq como sempre nao vi o filme :( mas fica a recomendação como sempre perspicaz e sentida. e como sempre eu deixo a promessa que o vou ver, mas depois surge sempre outra coisa para fazer e ao sabado nao gosto de ir ao cinema gente a mais, ainda mais nos sabados cinzentos com chuva, é bom estar em casa com um bom livro e oresto cada um sabe de si.

bjinhos e uma boa 6 feira
Tiago

Clife said...

(: *

Miosotis said...

Tb gosto bastante de Edward Norton... uma imensa personalidade q ele 'transpõe'paras as personagens q interpreta.

Penso q vais gostar, Cris!

Bom f-s!

bjs

Miosotis said...

Sem dúvida q pode haver mt gente ao sábado nas salas de cinema, Tiago.
Procuro, no entanto, uma sessão menos buliçosa.

Tb gosto mt de ficar em casa tranquilamente a ler e/ou ouvir música.

São coisas distintas, complementares de um todo - as 'fugas'/paisagens interiores do ser humano - e para tudo... há momentos q acompanham melhor.

Mt sensibilizada por poisares teu olhar aqui! Já sentia a tua ausência.

Bjs em tom azul miosotis e um excelente sábado!

Å®t_Øf_£övë said...

Miosotis,
No que diz respeito a filmes estás sempre muito à frente. Bem pelo menos sempre bem mais à frente do que eu.
Quanto a este filme parece-me que tem um "ingrediente" que irá fazer dele um filme obrigatório para mim... adoro histórias com corações irremediavelmente presos em amores proibidos!!!
Bom domingo.
Bjo.

Miosotis said...

Art, apesar de um amor proibido, a força do coração das duas personagens vai levá-los a vencer barreiras impensáveis, em estreita 'sintonia'.

Sei q vais gostar!

Mt sensibilizada pelo 'fiel' poisar do teu olhar em meu espaço.

Bom domingo!

bjs