Thursday, August 03, 2006

A Casa da Lagoa: o filme revisitado









Sandra Bullock
The Lake House (2006)
http://www.imdb.com/



"How do you hold on to someone you never met?"


Apesar das críticas negativas, eu não reneguei os princípios que me levam a escolher um filme. As minhas próprias preferências. E a minha subjectividade.

Dois actores que aprecio, Sandra Bullock e Keanu Reeves. O realizador Alejandro Agresti não me dizia assim tanto. E a história parecia-me mais do que uma simples história de amor.

Tinha visto a apresentação, algo me tocou de imediato. O encantamento!




Sandra Bullock & Keanu Reeves
A Casa do Lago | The Lake House (2006)

Duas pessoas que se correspondem e comunicam de uma forma diferente, duas vidas entrecruzadas num assomo do destino, dois sentires que pulsam em ritmo igual, embora em tempos cruelmente desfazados.

- What day is it there?

-
April 14, 2004

- No! It's April 14, 2006


Através de uma correspondência mágica, via caixa de correio da Casa da Lagoa (The Lake House), um espaço de conexão extraordinário, sem limites nem barreiras do verosímel... ou não.

Nem tudo é palpável. Há sentimentos que ultrapassam isso.




Sandra Bullock & Keanu Reeves
A Casa do Lago | The Lake House (2006)

Kate e Alex habitam-na, com dois anos de distanciamento. Espaços percorridos em sintonia de sentires. Pequenos gestos, afectos mútuos, sedutores momentos.

- I'm sometimes feel as I'm invisible. As no one can see me at all.

- I never felt that way when I lived at Lake House. I'ts the only place I felt most as my trueself.(...)

Kate e Alex confiam-se na mais infindável intimidade. A da alma. Segredos, sonhos, dúvidas, paralela solidão. 




Sandra Bullock & Keanu Reeves
A Casa do Lago | The Lake House (2006)

E apaixonam-se. Não a paixão física, palpável, mas a paixão da essência que de cada de um se desprende - fragrância da alma - numa extraordinária, inexplicavelmente linda afectividade que aos olhos da maioria soará a irreal.

- You have a girlfriend?

- Oh! You'll think I'm crazy. It's more real to me anything I never knew...





Sandra Bullock & Keanu Reeves
A Casa do Lago | The Lake House (2006)


Tenho uma filosofia muito própria, partilhada por outros seres, e comungo do sentimento forte e profundo que atravessamos várias vidas. E que há espaços que já vimos, e seres com quem já nos cruzámos e de quem indubitavelmente nunca nos separaremos até ao [re]encontro.

- It's a kind of a long distance relationship...

Poderia aqui deixar a minha perspectiva sobre este afecto não materializado, mas vivenciado tão intensamente por dois seres que se conhecem, se sentem mutuamente nos ínfimos recantos, e se desencontram tragicamente, mas não!


Deixo isso para os que quiseram ver o filme...






No final, permaneci no meu lugar por algum tempo. E como eu, outras pessoas. Tocados pelo mistério do invisível, recolhidos na partilha com seres que cruzaram nossas vidas e que naquele momento ali estiveram. 

Um sentimento de nostalgia ficou.

- How is your sunset?

- It's perfect!

- I wish you were here to share it with me...




Sandra Bullock 
A Casa do Lago | The Lake House (2006)


Hoje, ao fazer zapping, vi que a RTP1 transmitia as primeiras imagens. Afundei-me no sofá. Fiquei, até final. Revi com ternura, alguma nostalgia. Romântica? Um pouco. 


Miosótis (pseudónimo)



fragmentos da noite com flores, som de Somewhere Only We Know, Keane, 2004

3.08.2006

Copyright ©2006-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 


actualizado: 11.01.2016

Licença Creative Commons


42 comments:

Paulo said...

Olá,

Hummm. Esse filme parece ser muito interessante.
Vc sabe que em algumas situações acontece isso mesmo, da gente sentir e se corresponder com uma pessoa distante fisicamente, mas ao mesmo tempo bem perto!
Quero assistir esse filme!
Tb gosto muito destes dos atores.

um bjo

José Manuel Dias said...

Todas as coisas têm aspectos que poucos descortinam...só os mais atentos.
Abraço

amazing said...

Eu nunca ligo muito à crítica.
Desde que vi a apresentação deste filme fiquei super curioso.

Não achas que é im bocadinho como os bloggers?
"Amigos" sem se conhecerem?

Imhotep said...

Trees
(Joyce Kilmer)

I think that I shall never see
A poem lovely as a tree.

A tree whose hungry mouth is prest
Against the earth’s sweet flowing breast;

A tree that looks at God all day,
And lifts her leafy arms to pray;

A tree that may in Summer wear
A nest of robins in her hair;

Upon whose bosom snow has lain;
Who intimately lives with rain.

Poems are made by fools like me,
But only God can make a tree.



(bjs em reverência terna)

P.S. - A imagem (por mais descabido que te possa parecer) quase fez pulsar na minha mente a frase "Be Faithful"...

Anonymous said...

Mágico senti-o assim!
Nada é por acaso,nem aqui nem na vida,este post é o desenho delicado e terno do que pode ser o amor...pormaiores deliciosos!
Não me atrevo a dizer mais,arrepiei-me!
Foi um prazer!
Um abraço
M

miosotis said...

Que bom Paulo ter voltado a meu espaço! É que o teu blog desaparecera... assim, já encontrei teu novo endereço.

É verdade, por vezes estamos tão longe e tão perto de alguém!

Qd vir o filme, poise aqui um comentário. Gostaria de saber o q sentiu...

bj

miosotis said...

José Manuel é bom ter de novo teu olhar em meu espaço.

Concordo com a afirmação. A atenção feita de sensibilidade leva a ver diferente...

Abraço

miosotis said...

'Amazing', eu tão pouco me deixo levar pelos 'críticos'! Por vezes leio , mas sigo sp meu sentir!

Este filme prendeu-me logo nos curtos diálogos da apresentação.

Sim, os blogs têm esse lado humanizado - criar 'amigos' sem conhecermos.
É bom!

miosotis said...

.:M:.
Poema de encantamento. Lindo! Como só um ser mt especial pode sentir e escrever.
A sua visão da Natureza é divina.


Fui em busca do autor [já q ñ conhecia] e fiquei mt sensiblizada com o q li.
Só a Natureza nos dá inspiração para 'percorrer' a vida.

Um beijo suave pela terna partilha

miosotis said...

Nada é por acaso... 'M'.

Mt sensibilizada, se sentiste a magia...

bjs

Eternal said...

Quero mesmo ir ver o filme!!!
Beijinho Lunar

Anonymous said...

podias ter melhor template do teu blog es muiton sem sal e nao sabes fazer links. beijos.... e es.. daniela

miosotis said...

'eternal', independentemente de te ter motivado ou não, penso q deves ver o filme.

bjs

miosotis said...

meu/minha caro/cara anónimo/a

Primeiramente, quero agradecer o teu olhar 'desgracioso' neste espaço.

Dp, gostaria de dizer frontalmente uma coisa: demonstras mt falta de carácter ao deixar comentários 'anónimos'.

És livre 'assumindo-te' de fazer comentários de prazer ou desprazer.

E mais frontalmente ainda, aponta:

gosto do jeito como sou;
gosto do meu espaço tal e qual está;
se sei ou ñ fazer links, só a mim me diz respeito.

Ah! Adoroooo 'ser sem sal'!!!

Qt a daniela, vais ter q bater em outra porta virtual.

saudações bloguistas

p-s nem sei pq perdeste tempo por aqui!

Clife said...

Mais um que tenho de ver... sim, tenho por que deixaste-me curioso e agora não descanso enquanto não o vir lol bjs *********

Clife said...

Somewhere Only We Know, Keane?

Boa escolha, gosto =)

e Keanu & Sandra? ... uiii tenho mesmo de ver... pois gosto muito deles como actores ^^

miosotis said...

Olá Clife! De volta ao meu espaço, sensibilizada.

Qd vires o filme, diz-me de teu sentir...

Tb gosto mt do tema dos 'Keane' e ñ só este.

Os actores são excelentes, esta a minha opinião.
Ainda bem q são gostos comuns :)

bjs

BlueShell said...

Ainda não vi o filme.

Fez-me bem vir aqui!

Estive fora uns dias...voltei!
Beijos
BShell
00o0o0o0o00o0o0o0o00o0

Imhotep said...

Serendipity

Love is in magic
as is the magic of love
within itself

not wondrous, dramatic
nor on the wings of a dove
nor on a dusty shelf

such mysteries draw close
more mysteries at bay
some, shaped as poetry or prose
some, a rose cropped early May

held tenderly,
against the bosom, sailing
in a sea of memories, gently
unveiling secrets, love prevailing

enduring Time and Seasons
when they're already worn
spending the last motives and reasons
for a speech already torn

such is love, made of magic
sometimes joyful, sometimes tragic
and such is the magic of love

sometimes distance sets apart
or just makes it a work of art
whose comtemplation one can't get enough

perhaps time and space are the deception
as reality and thought are a prison
perhaps physical and ethereal are the same misconception
but for sure serendipity must have a reason

the rain of truth finally falling
a morning in May to heed the calling

and in bloom comes a new season.


Imhotep


[bjs ao som de Frank Sinatra - Come Fly With Me]

amazing said...

Off-Post

A história da estória.
Sabes que eu quando estava a escrever o post era para escrever história com sempre fiz, e eis que pela primeira vez utilizei aquele palavra.
E isto porquê? No outro dia estava a discutir que essa palavra não existia e que era história e mais nada.
Mas após linga discussão fomos a vários dicionários e vai ver o que dá...
Que nervos!

Paulo said...

O Egito realmente tem uma magia inexplicável.
Um bjo e ótima semana!

Bruno said...

Não conheco! Tenho de ver :x :)

Sandra said...

Não vi o filme, mas adoro a música!! Excelente escolha...

Ainda não tinha tido tempo de vir agradecer a visita que fizeste ao meu blog.

Vou ver o teu com mais tempo...

Beijocas :)

miosotis said...

Blushell, bom ter teu olhar de novo em meu espaço.Sensibilizada :)

bjs

miosotis said...

.:M:.
'Come Fly with me"... tentador!

bjs

miosotis said...

... ao som de 'Who are you' - John Murphy

miosotis said...

amazing, como já referi no teu espaço, a palavra 'estória' existe na terminologia do texto literário. E foi correctamente empregue no teu 'post' :)

bjs

miosotis said...

O Egipto tem uma 'simbólica' no meu espaço poético de inefável candura.

bjs Paulo e optima semana!

miosotis said...

Bem-vindo Bruno ao meu espaço. Sensibilizada pelo teu olhar.

bjs

miosotis said...

Bem-vinda Sandra, ao meu espaço.
Ñ tens q agradecer :)

bjs

CarpeDiemBeHappy said...

Já tinha ouvido falar bem do filme!
Mas com as tuas palavras ainda fico mais curiosa.
bjs

miosotis said...

Bem-vinda, 'carpe'!

É um filme de sensibilidades...

bjs

Sereia Azul* said...

Olá Miosotis!

Desculpa entrar assim sem pedir licença...mas o teu post encantou-me! Fiquei com uma vontade enorme em ver este filme, não só pelos actores que eu gosto muito, mas pelo tema tratado. Acredito que o amor de alma possa acontecer assim, porque quem se corresponde sem que se tenham visto pessoalmente, sem que tenham a sua foto...há uma química que nos prende a essa pessoa. Há uma conversa de alma...aprendemos a conhecer o interior e o aspecto exterior não interessa... é só uma capa...um corpo.

Sabes? Quando se conhece uma pessoa que nos cativa a alma e nos liberta as asas do coração...é simplesmente mágico!

Acredito que a internet é hoje um veículo que nos leva a conhecer pessoas fantásticas...muitas delas que [re]encontramos de outras vidas.

Gostei muito de te conhecer...posso voltar?

Uma brisa de mar no teu coração

Sereia Azul*

Tiago said...

Miosotis, nao vi o filme, mas adoro filmes que nos prendem a cadeira e nos fazem pensar no dia seguinte.

obrigado pela visita
Bjs
Tiago

p.s. ja agora nao te acho sem sal, mas sim uma especiaria a muito desejada.

MiguelGomes said...

Ainda não vi o filme, mas reconheço que, pela tua descrição, estou inclinado para ir :)

Obrigado pelos teus comentários no meu blog! Coloquei lá um link para este teu blog :)

Fica bem,
Miguel

miosotis said...

Bem-vinda Sereia, ao meu espaço.

Mt sensibilizada pelo teu olhar atento e afectuoso.

Na verdade, esse o o amor autêntico, o q nasce da alma. Este filme reflecte a magia do [re]encontro.

Volta sp q queiras!
bjs em tons de azul miosótis

miosotis said...

Bem-vindo Tiago, ao meu espaço de alguns sentires.

Os filmes, tal como as pessoas tocam-nos em reflexões d'alma.

Mt sensibilizada pelo teu olhar afectuoso e sensível.

bjs de miosótis azuis

miosotis said...

Miguel, bem-vindo!

E mt sensibilizada pelo link do meu espaço de sentires.

É a minha visão dos seres e dos 'acasos' q as cercam...

Fica bem!

Clife said...

Respondendo aos teus dois comments no meu post "Mais do que uma viagem... uma aventura":

Já andei de barco, mas foi só de terra até ao "Ilhéu de Vila Franca"... barco pequenino, daqueles de pescador...

este em que vou é grande, assim como a distancia e tempo de viagem =D

falaste em Al Pacino? Adoro também =D

e tens uma bike azul? Liiiinda!!! lol

MalucaResponsavel said...

olá,
n vi o filme pq ainda n tive oportunidade.. mas hei-de ve-lo nem q seja em dvd... e pelo q escreveste deu-me ainda mais vontade de o fazer. bj

miosotis said...

Bem-vinda, 'malucaresponsável' ao meu espaço.

Mt sensibilizada pelo teu olhar.

bjs

miosotis said...

Clife, continuas uma pessoa lindamente afectuosa!

Boa viagem e boas pedaladas na tua 'bike' :)

Cá ficarei a aguardar teu olhar neste espaço!

bjs *