Wednesday, September 14, 2005

Meditação






credits: Yoga Vidya


Pela manhã, percorro o caminho solitariamente. Cada espaço envolve a minha consciência e transforma minhas emoções em pequenas partículas de raios de sol timidos, suaves, que se escondem na mancha azul desbotada, mesclada de nuvens de algodão, dando início a uma nova estação. A Natureza prepara-se para hibernar. Outono adentra-se.


Ao final do dia, na minha prática de yoga, sento-me de frente para os pequenos postigos semi-abertos de uma cave, virada para o arvoredo de um quintal, e recolho-me. Poiso o meu olhar transparente nesses minúsculos retalhos de verde, antes de me afastar. 


O verde já não é tão alegre. Começam a aparecer os cambiantes de amarelo e de castanho.


Os sons entram, trazidos pelo cântico da brisa, suaves, em final de tarde, acompanhados de aromas de eternidade.


O Outono prepara seu manto para recolher os seres mais delicados. 


Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores

14.09.2005


Licença Creative Commons


No comments: