Thursday, April 21, 2011

A Primavera e os livros




Dr Nigel Russel/ Natural England

A Primavera tem-se feito insegura e tímida. A dias esplendorosos de sol e temperaturas fogosas, que nos fazem sentir mais vivos e libertos para fruir dos aromas que pairam no ar, logo se sucedem outros bizarrentos, chuvosos que nos desaconchegam e entristecem. 


Até o meu pássaro cantador que reaparecera pré-anunciando que a primavera se aproximava, se afastou do beiral da janela, cá no alto, e se remeteu a um silêncio quedo.


A noite fica mais sombria no ausência do seu canto! É que meu pássaro cantador tem um chilrear fresco, garrido, desafiador, como quem conversa de lá para cá! E eu fico embalada nesse canto que me limpa as nuvens cinzentas e me abre aquele azul de que eu tanto gosto!


Um mistérios poético! Vá-se lá saber porque razão este pássaro encantador me escolheu para sua companheira de diálogos nas noites frescas de Primavera!




Foto ©MS 2011


Ah! Uma nota de harmonia. Uma rosa despontou! A primeira desta primavera que dá sentido à vida e me faz soltar um sorriso murmurado. É que se aproxima o dia 23 de Abril! Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor!


Esta comemoração teve origem na Catalunha, no dia de S. Jorge. Nesse dia, a cada livro vendido, é oferecida uma rosa. Gesto lindo! 


Mais recentemente, a troca de uma rosa por um livro tem-se alastrado a outros países. Esse gesto, não vejo repetir-se  no meu país...


Aqui fica pois a minha rosa! Para si, no Dia Mundial do Livro!




Um dia, abrindo o Livro, li as suas últimas páginas
como se fossem as primeiras: as páginas da terra como
se fossem as da água, e as suas linhas brancas como
se trouxessem a mancha  vermelha de um sangue
de sílabas rasgadas. Pousei esse Livro na mesa abstracta
do Crepúsculo. Ouvi a música das nuvens que traziam 
o sinal dos Anjos. (...)


Nuno Júdice, Troca de Livros
Cartografia de Emoções, Dom Quixote, 2001




Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores
21.04.2011


Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Licença Creative Commons

6 comments:

DE-PROPOSITO said...

A Primavera já está crescida, e um dia destes vai se embora.
------
Felicidades.
Manuel

Zé Miguel Gomes said...

Há estações que não passava aqui...

Fica bem,
Miguel

Virgínia do Carmo said...

Venho agradecer a rosa, ainda que um pouco atrasada :(

- De facto, porque será que há gestos que (por cá) não se repetem? -

Terno beijinho

Miosotis said...

Uma mensagem-comentário muito real! Tão real que soou a quase insensibilidade...

Muito obrigada pelos votos aqui deixados!

Foi um prazer!

Miosotis said...

... verdade, Zé Miguel! Há 'estações' que tinha o prazer de te ler em 'fragmentos'!
Mas foi muito bom! Sensibilizada!

Fica bem!

Miosotis said...

Sabes que não é para agradecer, Virgínia.

A rosa é-te dada por mérito e muito carinho!
Tu que 'poetas' com tanta sensibilidade!

Seria um gesto que cairia bem por cá! Mas, os Portugueses, raramente, são sensíveis a estas pequenas coisas...

Um beijo fraterno,