Saturday, September 13, 2008

Aritmética Emocional




Poster Emotional Arithmetic

www.emotional-arithmetic



"Il y a quelques temps, le polémique historien français Pierre Nora a proclamé que la raison pour laquelle nous parlons tant de mémoire est que celle-ci a disparu."

Talvez porque o final da tarde trouxesse aromas outonais... decidi um destes dias procurar uma sala de cinema mais aconchegante, tipo estúdio. Seleccionei Aritmética Emocional por considerar que reunia factores que me agradariam, e entrei!




Emotional Arithmetic
www.emotional-arithmetic


O filme baseado na obra com o mesmo nome de Matt Cohan (1990) tem como actores Susan Sarandon, Christopher Plummer e uma referência inesquecível da filmografia de Ingmar Bergman, Mark von Sydow!



Emotional Arithmetic
www.emotional-arithmetic



Deixei-me surpreender pelas primeiras imagens, bem ao estilo de Ingmar Bergman! A mesma luminosidade, os tons quentes e outonais, o mesmo intimismo.


E quando a câmara se aproximou dos actores, pressenti que os diálogos seriam a atmosfera central da narrativa. O que me agrada profundamente!


Mark von Sydow & Susan Sarandon

Emotional Arithmetic
www.emotional-arithmetic



Em 1945, Jakob Bronski, um jovem detido num campo de concentração, acolhe e protege duas crianças recém-chegadas: Melanie e Christopher. Dadas as circunstâncias, os três ficam unidos por um forte laço de amizade...

Cinecartaz

Apesar de imaginarmos que tudo se possa centrar em Jakob Bronski, é Melanie que dá voz às memórias dos três sobreviventes de Drancy, um campo de concentração nazi, nos arredores de Paris, interligados pela fusão de sentimentos e vivências do passado, e do modo como vivem após tão dolorosa experiência!


Melanie dá, no início, uma sensação de equilíbrio emocional, logo desvanecida num close-up do seu olhar frágil projectado no espelho.


Seguimo-la então ao longo de toda a narrativa cinematográfica, numa evolução dilacerada de reacções-emoções, confrontada com a presença dos amigos, no ambiente familiar e no mundo de que se fez rodear.


Há quem aponte limitações ao realizador Paolo Barzman! Não sei se o livro poderia ou não levar mais longe a narrativa cinematográfica, dado que não o li, mas considero que a adaptação de uma obra literária é sempre um possível olhar!

Outros dirão que o filme aponta demasiadas pistas que depois não são devidamente explanadas.

Na minha leitura, sou levada a pensar que a intenção de Barzman era mesmo a de centralizar a sua obra na relação humana apoiada nas memórias dos três amigos, deixando ao espectador subtis margens para a recriação de possíveis conclusões.

Suponho que não pretendeu apresentar um olhar aprofundado dos factos históricos que sustentam a narrativa e sim uma singela homenagem. No final, depois da apresentação do número de vítimas do campo de Drancy, Barzman dedica a sua obra a alguém cujo nome aparece escrito no ecrã!

Afinal, não se pode exigir que um realizador seja perfeito logo no início de carreira! Este é o segundo filme de Barzman mas que obteve as honras de fechar a Gala do Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2007.





Eu gostei! É suficientemente envolvente, e a interpretação de Susan Sarandon é fabulosa!

"Profoundly moving. Sarandon delivers an outstanding performance."


Reel Talk Reviews


Miosótis (pseudónimo)


fragmentos em noite outonal


13.09.2008
Copyright ©2006-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®  


Licença Creative Commons



22 comments:

poetaeusou . . . said...

*
alertado, fui,
,
grato
,
*

Multiolhares said...

quantas vezes fazemos essa aritmetica
beijinhos

heretico said...

vou seguir-(te). dou-me bem com as tuas escolhas cinéfilas...

beijos

em azul said...

Não consegui ver o vídeo.
Gostei do teu texto e fiquei curiosa com o filme.
Um abraço

Miosotis said...

... de nada, 'poeta'!
Suponho que vais gostar!

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Abraço,

Miosotis said...

... verdade 'multiolhares'! Mas não deixa de ser um título interessante!

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Um beijo

Miosotis said...

... fico feliz, Herético'! Sensibilizada!

Sinal que temos 'olhares' semelhantes?!
:)

Um beijo,

Miosotis said...

... que pena não teres podido visionar o 'trailer'. 'em azul' :(

Incompatibilidades?!

Vais gostar! Sarandon é fabulosa, como sempre :)

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Um beijo,

O Profeta said...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho


Mágico beijo

Miosotis said...

...sempre muito sensível a tua poesia, 'Profeta'!

Será que podemos 'escolher' caminhos?!

Um beijo amistoso

... sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Daniel Aladiah said...

Tenho de ver.
Um beijo
Daniel

Oliver Pickwick said...

Elenco grandioso. Farei o mesmo que você, assistirei ao filme.
Um beijo!

As Sombras de Fim do Dia said...

Gostei muito da luz que transpareceu nas imagens que colocaste... e o casting é apelativo...

Obrigado por nos mostrares as pequenas coisas bonitas...

O Profeta said...

Olhos brilhantes maré tardia
Cabelos rebeldes em desalinho
Pés descalços no, frio barro
Um berlinde atirado ao caminho

Um bando de alegres pardais
Ou um domador de tempestades
Apenas um pássaro charlatão
Dividindo o pão em metades


Vem mergulhar com os Capitães do Calhau


Mágico beijo

Ravnos_Blacklotus said...

Gosto de cinema, gosto deste texto, por recomendar-me um filme bom, então.
Irei ver, com certeza, pois imagino que se teve trabalho de fazer uma resenha, este seja apreciavel o suficiente.

Um beijo.

Miosotis said...

... quase pressinto que vais gostar, Daniel!

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'! Lamento o atraso :(

Miosotis said...

... para o Daniel, um beijo!

Miosotis said...

Sem dúvida, um elenco de 'elite'!

Suponho que vai apreciar, 'Pick'... e a interpretação de Sarandon é óptima, como sempre!
Li que a actriz viria a Portugal...

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'! Lamento o atraso :(
Um beijo

Miosotis said...

As tonalidades do filme são bastante 'outonais', bem ao estilo de Bergman! Mesmo que para tal se tenha recorrido a filtros...

E o elenco é muito bom! Alguns mais brilhantes do que outros! Mas um agradável conjunto!

Sensibilizada pelo olhar amistoso, 'sombras de fim de dia'! Apenas falo das coisas que me 'prendem'...

Lamento o atraso :(

Miosotis said...

Profeta,

Lamento andar tão afastada :(
É a segunda vez que poisas teu olhar em 'fragmentos' e eu mal tive disponibilidade para responder...
Sensibilizada!

Como sempre bonitos versos me deixas...

Miosotis said...

... não o senti como um trabalho! Antes um momento de pausa, 'Ravnos_'

Gosto de cinema, por vezes me apetece escrever, partilhar alguns prazeres estéticos...

Sensibilizada pelo olhar em 'fragmentos'!

Å®t Øf £övë said...

Miosotis,
Não conheço o filme, mas também eu tenho preferência por filmes onde o essêncial é a narrativa e os diálogos. Por isso despertaste-me a curiosidade. Vou procura-lo em DVD para ver se o vejo.
Bjo.