Saturday, February 24, 2007

David Mourão-Ferreira (1927-2007)




Fotografia: Stan Honda/AFP 2007

http://news.yhoo.com/photos



E por vezes

E por vezes as noites duram mesesE por vezes os meses oceanosE por vezes os braços que apertamosnunca mais são os mesmos E por vezes
encontramos de nós em poucos meseso que a noite nos fez em muitos anosE por vezes fingimos que lembramosE por vezes lembramos que por vezes
ao tomarmos o gosto aos oceanossó o sarro das noites não dos meseslá no fundo dos copos encontramos
E por vezes sorrimos ou choramosE por vezes por vezes ah por vezesnum segundo se envolam tantos anos

David Mourão-Ferreira, poeta, ficcionista, ensaísta, crítico literário, dramaturgo, tradutor e professor universitário, faria hoje 80 anos.

Miosótis (pseudónimo)

fragmento da tarde com flores para um dos poetas maiores da lusa língua

24.02.2007

Copyright ©2007-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

28 comments:

Tiago said...
This comment has been removed by the author.
Tiago said...

As vossas quatro mãos As minhas duas
Ó bando de seis aves no lençol

Não sei quais são as tuas quais as tuas

Mas que bom confrontar a luz das luas
ao repartir por três a luz do sol

TRI(N)O
David Mourão Ferreira

Como colocas-te um dos meus poemas preferidos de David Mourão Ferreira, escolhi este ao acaso do livro :), afinal é assim que leio..

Um beijo e um bom FDS
Tiago

Miosotis said...

O poema q escolheste 'ao acaso' para aqui poisar, Tiago, ñ conhecia!
Bonito, expressivo da duplicidade do 'querer'...

David Mourão- Ferreira expressa em seus versos a dualidade de tantos seres humanos!

Trio... só em música aprecio! Na vida real, é bom q os seres se definam...
Mas é apenas uma mera interpretação das palavras q escondem duplos sentidos, também e sempre!
Hj li assim, amanhã poderei ler de outro modo, com outro sentir pq efectivamente o poema é lindo!

Mt sensibilizada por esse teu olhar sp tão carinhoso e atento em meu espaço!

Uma excelente e linda semana 'a quatro mãos'!
bjs

LB said...

Passei como quem retribui visita...
Gostei do que vi... voltarei!

Beijinho

Spells said...

Olá...
Já conhecia este poema, é lindo sem duvida... sou sincero, apesar de conhecer bastantes poemas de David Mourão-Ferreira, nunca foi um autor ao qual desse muita atenção... o que não significa que a sua leitura não me agrade...

Obrigado pela tua visita, fiquei bastante sensibilizado... como deves saber existem dias melhores que outros, digamos que neste momento ando com muito em que pensar, preciso de tomar decisões complicadas... ando um pouco longe de tu, especialmente de mim mesmo...
o sol vai voltar a brilhar, eu tenho fé!

Tem uma semana linda!
Um beijinho e um sorriso.

nc

Rebirth said...

Muitas, demasiadas vezes, passam-se em segundos os anos; e o sarro do fundo dos copos é o dos nectares doces e amargos que partilhamos vida fora com o nosso mundo. E o valor, o sumo da nossa vida, encontra-se afinal nas histórias que conseguimos contar, nesses segundos, nesses momentos...

Miosotis said...

Bem-vindo, LB a este espaço de fragmentos de sentires.

Mt sensibilizada pelo poisar de teu olhar.

Miosotis said...

É um dos melhores poetas portugueses, tendo-se destacado na poesia erótica.

O seu romance 'Um Amor Feliz' [1ª edição] foi retirado dos escaparates pela escultura de Francisco Simões representada na capa. Era linda!
Enfim... como os tempos mudaram, verdade?!

Há fragmentos de vida difíceis, 'spells'... eu sei!
Do coração desejo q superes esses momentos e q voltes 'para ti' com afecto e tranquilidade.
As opções... q sejam as q tem façam bem à alma!

Sim, o sol brilhará de novo e com mt carinho te deixo aqui poisado um afectuoso olhar!

bjs

Miosotis said...

'...E o valor, o sumo da nossa vida, encontra-se afinal nas histórias que conseguimos contar, nesses segundos, nesses momentos...'- mais do q as histórias, os afectos, 'rebirth'! E todos se resumem a um só, multifacetado em vários sentires. Mas a profundidade só depende de um...

Mt sensibilizada pelo poético olhar aqui poisado.

Cris said...

Gosto muito, e por vezes fico com vergonha de tentar arriscar palavras num papel, quem sou eu??
Enfim!!! Excelente apontamento, como sempre, Mio.

Passa lá por Terra, só para veres quem nasceu... a minha poldrinha....

Beijinhos

Cris

Rebirth said...

E o que são as histórias senão isso mesmo, amiga, os relatos da vida que passaram pelo crivo da nossa sensibilidade e dos nossos afectos? E é por isso que cada uma delas se conta de tantas maneiras quantos aqueles de nós que as contarem... ;)

pensamentos_vagabundos said...

e por vezes não será isso viver...
beijo vagabundo

Tacitus said...

"O pensamento é escravo da vida, e a vida é o bobo do tempo" - Shakespeare , William

Boa Semana ;)

Cris said...

Mio, obrigado pelo teu cuidado e carinho, confesso, estou completamente apaixonada pela minha Cereja.. Se gostas de lusitanos, vai ao link que está na minha página, Coudelaria Ribeirinho Paralta, estão lá todos!!!!!

Bjkas
Cris

Paulo Mello said...

Não conhecia o autor, confesso, e achei o poema belíssimo.

Tens muita sensibilidade para escolher fotos e textos. Excelente tuas indicações de filmes. Um blog muito bem construído. Parabéns.

Agradecendo tua visita deixo um abraço e votos de uma semana bem legal pra ti.

Miosotis said...

Adorei saber da tua linda poldra 'Cereja', Cris! Um encanto!

Já visitei o link na tua pág. sobre a 'Coudelaria Ribeirinho Peralta'! Ñ poderia perder ver garbosos e doces cavalos lusitanos!

Mt sensibilizada pela tua simpatia e presença frequente neste meu espaço!

Parabéns, mais uma vez pela ternura q é 'Cereja' :)
Boa semana!
bjs

Miosotis said...

Passaram e ficaram 'rebirth' ? Ou servem apenas para contar relatos, de 'histórias'...
Eu ñ conto o[s] meu[s] afecto[s]... deixo talvez transparecer algo do q sinto nas palavras q deixo aqui poisadas, mas apenas isso!

De qq modo, só posso ficar sensibilizada pela teu olhar atento...

Miosotis said...

Talvez sim, 'pensamentos_vagabundos!

E por vezes a vida passa...
bjs

Miosotis said...

Shakespeare... excelente autor...

Mt sensibilizada pelo teu olhar, Tacitus!

Continuação de boa semana :)

Miosotis said...

Bem-vindo Paulo Mello a este espaço de alguns sentires.

São mt afectuosas as palavras aqui deixadas! Mt sensibilizada!

Eu gosto bastante de David Mourão-Ferreira! Lamento o seu desaparecimento trágico...

Um abraço e a continuação de uma boa semana.

bom dia isabel said...

Escolheste um dos melhores poetas da língua portuguesa. Meu extrordinário professor, ensinava com talento, eloquência e poesia. As suas aulas eram poemas que o imortalizaram na minha alma. Os seus poemas são pedras preciosas que guardo no cofre do meu coração.
Um beijinho

rosa maria said...

Andei por aqui a passear...cada escolha que fazes, é uma melhor que a outra, sem no entanto deixar nenhuma para trás...

MiguelGomes said...

Dos poetas ficam apenas palavras que os imortalizam...

Fica bem,
Miguel

Cris said...

Muito obrigado pelas tuas visitas a Terra. És uma presença que alegra, em tons de azul, a paisagem branca :)

Passei por aqui para deixar um beijinho de bom fim de semana

Cris

Miosotis said...

Bem-vinda Isabel a este espaço de alguns sentires!

Eu tb considero David Mourão-Ferreira um dos grandes poetas da língua portuguesa! Uma sensibilidade especial!

Teres tido o privilégio de conviver com ele em sala de aula, deve ter sido sem dúvida, uma lembrança a reter para vida!

Lamentavelmente desapareceu cedo, demasiado cedo!

Mt sensibilizada pelo teu olhar e testemunho poético aqui poisado!
bjs

Miosotis said...

Bem-vinda Rosa Maria a este espaço de alguns sentires!

Pequenos fragmentos de coisas q me tocam, transformados em estados d'alma!

Mt sensibilizada pelo teu olhar atento e amistoso aqui poisado!

Miosotis said...

Miguel, foi com alegria q te vi de volta! Lera em teu espaço q te afastarias e tal como te transmiti, senti-me penalizada.

A imortalidade dos poetas passa mm pelas palavras. Mas ñ fica estática... As palavras e a sua sensibilidade são difundidas por cada ser q as lê e se sente tocado na dimensão dos sentires!

Fica bem!
bjs

Miosotis said...

De nada Cris! Apenas retribuo a tua simpatia q se tem demonstrado atenta e amistosa.

Estás referir-te ao tom de azul miosótis? É lindo! Concordo! Com o azul da flor :)

Excelente f-s!
bjs