Saturday, February 17, 2007

À contra-luz





Fotografia: Timothy A Clary/AFP 2007

http://news.yahoo.com/photos


(...)
ou cada uma das tuas palavras, palavras,
palavras numa língua de céus impossíveis.

José Luís Peixoto, O Amor, A Casa a Escuridão


Nada se pode presumir porque cada ser é, sem dúvida, portador da sua própria essência.

No entanto sou levada a concluir que por trás de todos os 'fingimentos', a essência passa envolta nos olhares que poisamos e nas palavras escorridas dos nossos dedos.

Sem dualidades, devemos transparecer perante todos, e profundamente perante os que amamos, o nosso profundo ser

sincero, torturado

fresco, carinhoso

agressivo, espontâneo

pessimista, cativante.


Nada vale nada se não somos autênticos! Comecemos por nós e saibamos transmitir aos outros esse ser capaz!

Suspensos em perfumes de alma ... 


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite Bird Girl, Antony

18.02.2007

Copyright ©2012-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

Licença Creative Commons

21 comments:

Tiago said...

"São como um cristal,
as palavras.
Algumas, um punhal,
um incêndio.
Outras,
orvalho apenas.

...

Quem as escuta? Quem
as recolhe, assim,
cruéis, desfeitas,
nas suas conchas puras?"

As palavras
Eugénio de Andrade

Palavras, as palavras, que nos definem, atingem, ou apenas nos exprimem...prefiro o olhar, sempre...

Um beijo para um semana que ai entra, com cores que desconhecemos...

Cris said...

Quer queiramos ou não, a vida é feita de realidades, e nada nos resta, como tu bem dizes, se não formos autênticos e verdadeiros conosco e com quem nos rodeia.

Um beijinho e bom feriado

Cris

Rebirth said...

Por vezes dou comigo a pensar qual é o maior e mais difícil desafio que a vida coloca a cada um de nós... estarei muito longe da verdade por pensar que na nossa própria essência existe o dom supremo da mudança? É o encontrar esse dom que se torna, muitas vezes difícil, e contra mim falo, pois acredito nele mas é ele que, qual água de nascente, por vezes escorre por entre as minhas mãos quando mais dele necessito. E é no reconhecimento desta luta que encontro, não poucas vezes, a autenticidade do meu ser...

o alquimista said...

Nada vale nada se não somos autênticos! Connosco e com os outros!...acrdito nisso...


Nada vale nada se não somos autênticos! Connosco e com os outros!

o alquimista said...

Agora sim...tive um problema no meu pc...

Os sonhos têm mil cores, o sentir mil emoções, os teus a divina prova que tens mil corações...

Pleno e colorido carnaval


Mágico beijo

Miosotis said...

Esse poema de Eugénio de Andrade, que bem conheço, é lindo e profundo. Pq nele, o poeta define td o tipo de palavras e o impacto q elas podem causar em nós e nos outros.

Tal como tu, Tiago, prefiro o olhar!
Dificilmente 'ele' nos mente! Pode seduzir-nos, pode magoar-nos, pode ser-nos indiferente, mas nele podemos sentir de imediato e mais verdadeiramente o q as palavras nem sp são capazes de transmitir.

Mt sensibilizada pela tua afectuosa amizade 'virtual'... quem sabe mais presente do q algumas da vida 'real'?!
bjs

Miosotis said...

Sem dúvida Cris! O q conta é a vida real, a q palmilhamos no 'desfolhar' dos dias [esta imagem/metáfora é de Tiago, mas gostei mt dela]. E só poderemos desfolhar nossos dias mais suavemente se formos rectos e autênticos connosco e com os q nos rodeiam!

Espero q tenhas tirado bom partido desta pausa 'carnavalesca'. E continuação de bom feriado!

Para mim, foi 'apaziaguador' este descanso!
bjs

Miosotis said...

Bem-vindo 'rebirth' [gosto deste nick, é renovador] ao meu espaço de alguns sentires!

'...estarei muito longe da verdade por pensar que na nossa própria essência existe o dom supremo da mudança? É o encontrar esse dom que se torna, muitas vezes difícil...' - penso q existe esse 'dom' em nós, mas tal como já sentiste e sentes, nem sempre alcançamos essa mudança q nos é exigida, tantas vezes, pela nossa pp essência! E daí q seja nessa luta q a nossa autenticidade esteja mais presente...

Mt sensibilizada pelo poisar aqui desse olhar magnífico sobre a vida !

Miosotis said...

Nada vale mesmo, 'alquimista'! Por isso, andam tantos seres perdidos, 'emaranhados' numa série de conceitos [ditados tantas vezes pela sociedade em q estamos inseridos] q nada têm a ver com a sua pp autenticidade.

Os sentires, algumas vezes partilhados dos sonhos q vamos construindo e/ou destruindo são multicolores mas sobretudo suaves ou aguerridos.
Qt ao coração... apenas um bate!

Faço votos q tenhas tido um colorido Carnaval. O meu foi apenas 'retemperador' de cansaços!

Mt sensibilizada pelo teu 'duplo' olhar aqui poisado!

Continuação de um excelente feriado!

Spells said...

Por vezes ser autêntico torna-se difícil neste mundo de ilusões em que vivemos... como saber distinguir o real da ilusão é a nossa maior tarefa, quando descoberta a fórmula então sim a vida pode tornar-se numa verdadeira maravilha... o caminho não é fácil mas a recompensa vale a pena...

Um beijinho e um sorriso!

nc

Paulo Villela said...

Ahh, Miosotis...

Belo texto. Precisamos ser antes de mais nada, sinceros.
Nem q isso cause um desconforto, e ainda q seja momentâneo, com certeza com sinceridade tudo fica mais claro e mais fácil de ser resolvido.
Máscaras só devemos usá-las no carnaval, rss.

Um bjo e ótima semana

diabinho said...

Nem todos são como aparentam ser...
Muitos escondem-se atrás de máscaras diversas...

Beijinhos

Tacitus said...

Senti o perfume que emana destas tuas palavras. Não sei porquê, mas hoje estas tuas palavras encaixaram como uma luva em mim...boa semana e um abraço.

DarkViolet said...

Considero a Essência como algo muito precioso. Algo que cada pessoa devia procurar para se sentir mais seguro perante ela mesma. Nesse odor é necessário nadar...

Sereia Azul* said...

Querida Miosotis!

Concordo com o que dizes...a autenticidade...o saber ser é um dom que nem todos têm, infelizmente.

É triste constatar que a maior parte dos nossos "amigos" usa máscaras...talvez por isso os meus amigos verdadeiros se contem pelos dedos!!!

Já tive decepções que me entristeram bastante...mas ainda acredito no ser humano!

Uma brisa de mar no teu coração

Sereia Azul*

p.s. Tens mesmo de pôr a verificação de palavras...detesto ter de o fazer. Pronto...fui sincera! lol!

Miosotis said...

As tuas palavras 'spells' são bem 'sábias'!
O caminho é difícil sim, solitário tantas vezes... mas a a tranquilidade interior é profunda!

Mt sensibilizada pelo teu carinhoso e risonho olhar aqui poisado!

Bom f-s!
bjs

Miosotis said...

Mt sensibilizada pelo teu olhar, Paulo!

Sem dúvida q a sinceridade começa em nós...

Máscaras, estou à vontade, nem no Carnaval uso pq ñ saio! Ñ ligo a esses eventos [rss]

bjs e um excelente f-s!

Miosotis said...

Concordo, 'diabinho'! É mm assim! Tanta máscara desfila nesta sociedade...

Mas há os puros de coração! Poucos talvez, mas mt sensíveis!

bjs e bom f-s!

Miosotis said...

'Tacitus'... já sentia a tua falta!

Se as minhas palavras sentidas te 'tocaram', fico feliz!
Afinal, fomos construindo esta amizade 'virtual' dia a dia...

bjs e um excelente e alegre f-s!

[Nota - Espero poder já 'comentar' teu espaço... se mudaste de tema...!]

Miosotis said...

Querida 'Sereia' [tu e Cris são as minhas leitoras - no feminino - q vêm sp por bem, o q me sensibiliza muito]!

Tal como tu, já sofri grandes/profundas decepções, por isso me vês aqui no meu espaço, apenas cultivando os poucos, mas bons e sensíveis amigos 'virtuais'.

Tal como tu... amigos mesmo, na vida, os dedos de uma mão são suficientes e ainda sobram!

Mt sensibilizada pela tua brisa de mar q é para mim a mais 'libertadora' da alma/coração!

nota - efectivamente ñ prescindo da verificação da palavra! Lamento o incómdo :(

Miosotis said...

A 'essência' é o meu mote interior, meu lema de vida, dark_violet!

Sem esse 'odor', ñ viveria...

Mt sensibilizada pelo teu olhar poisado aqui!

Peço desculpa de ñ ter seguido a ordem, nas respostas! Cansaços :(