Wednesday, February 14, 2007

Um dia supostamente diferente...





Fotografia: Lucas Jackson | Reuters 2006


http://news.yahoo.com/photos


Quando à noite desfolho e trinco as rosas

É como se prendesse entre os meus dentes
Todo o luar das noites transparentes,
Todo o fulgor das tardes luminosas,
O vento bailador das Primaveras,
A doçura amarga dos poentes,
E a exaltação de todas as esperas. 


Sophia Mello Breyner Andresen, As Rosas, Dia do Mar

Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores em fragrâncias de ternas esperanças

14.02.2007

Copyright ©2007-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

17 comments:

Tiago said...

Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.

Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.

Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.

E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.

4o. Motivo Da Rosa
Cecília Meireles

Os dias são sempre iguais, agora o seu desfolhar...

beijo com aroma floral
Tiago

diabinho said...

Feliz Dia dos Namorados.
Namora muito...
;-)

Beijinhos

Paulo Villela said...

Ahhh,

Bela imagem e poesia.
Espero q hj seja realmente um dia diferente pra vc.
Tudo de bom!
bjos

Cris said...

A exaltação de todas as esperas... Mio, o poema é lindo, encantador... como tu!!! :)

mil beijinhos
Cris

o alquimista said...

São rosas senhor, vermelhas rosas...ou será o graal...thule...

Doce beijo

Clarice Baricco said...

La imagen es linda. También me gustó mucho la imagen anterior.
Deleite de letras a mis ojos. Es decir, se lee lindo.

Abrazos...

Nilson Barcelli said...

Supostamente diferente mas, afinal, sempre igual...
Lindas rosas...
Bom fim-de-semana.
Beijos.

Cris said...

Passei por aqui para te deixar um beijinho de bom fim de semana

Cris

pensamentos_vagabundos said...

mas não devia ser um dia diferente...
beijo vagabundo

Miosotis said...

Cecília Meireles, uma poetisa brasileira mt sensível também.
Conheço alguma da sua poesia, mas ñ me lembro de ter lido este 'desfolhar da rosa' q fala da metáfora q é o 'desfolhar' dos dias...
Lindo este poema, Tiago!
Mt sensibilizada pelo poisar afectuoso de teu olhar em meu espaço!

bjs

Miosotis said...

Penso q este foi o 'teu' dia 'diabinho ;)

bjs

Miosotis said...

Paulo, sempre atento, apesar da distância!

Eu adoro este poema de Sophia! Numa escrita, quase sempre 'espartana', este poema é uma pétala deixada escapar por entre os dedos...

E a foto, visualiza-o de um forma tão suave!

Mt sensibilizada pelo poisar de teu olhar!
bjs

Miosotis said...

Cris, és das poucas leitoras [no feminino, realço] resistente com carinho e sem picardias! Por isso, me sensibilizas muito!

Sim, o poema é um dos meus 'preferidos'! Uma imagética tão intensamente bela e plena de sinestesias...

Um lindo e terno f-s!
bjs

Miosotis said...

... apenas rosas, dispostas com simplicidade, 'alquimista'!

Sensibilizada pelo teu olhar!
bjs

Miosotis said...

Sín duda, Clarice! Dos imagens bellissimas, pero me gusta en profundidad la anterior...

Gracias por tu sensible mirada!

Abrazos

Miosotis said...

...supostamente, Nilson!

Sensibilizada pelo teu olhar!
Bom f-s!
bjs

Miosotis said...

...supostamente, ñ deveria, 'pensamentos_vagabundos'!

Sensibilizada pelo teu pensamento vagabundeando por aqui!
bjs