Sunday, December 10, 2006

Árvore de Natal




Fotografia: Árvore de Natal em Cristal Murano
http://news.yahoo.com/photos


"Os factos não deixam de existir só por serem ignorados."


J. Sádaba

Aproxima-se com frenesim a época de Natal. As pessoas, e as famílias que mal têm tempo para se visitar, falar e conviver, consideram que tapando um ano de ausência se poderá fazer a união de uma noite. Mentira! Ilusão!

O sentimento de partilha agoniza! Já quase não existe!

Cada ser voga ao saber da sua corrente que se transforma num caudal de imensas proporções. Nele só flutua a solidão feita Eu! E aí vai o Eu lutar muitas vezes com arrogância querendo a todo o custo anexar seu caudal àquele caudal suave, pequeno, sereno que percorre com dificuldade, mas tranquilamente seu caminho.

Não somos pequenas correntezas que podem ou não ser, consoante os dilúvios pessoais, inundadas segundo o engrossamento do curso das correntes maiores.


Há pequenos estuários pacíficos e calmos que apoiam como refúgio as águas mais extenuadas. Recompostas, elas seguirão seu curso com respeito, recato, em silêncio.


Os seres tornaram-se egoístas, egocêntricos, enormes no seu umbigo.

Assim, ao juntar-se por leves horas, indubitavelmente, à mínima pressão, sopro de vento, aragem de palavras, o suposto afecto de amizade ou afecto familiar, parte-se e desfaz-se em mil pedaços.

Tal como esta belíssima árvore de Natal elaborada minuciosamente em peças multicores de cristal Murano, um dos mais raros e distintos do mundo.


Cada peça existe por si só, tem um valor único e não acresce sua beleza apenas porque agregado a outras peças de semelhante série. As diferentes cores são já símbolo de identidade.

Morre a translúcida afeição familiar! Tirando raras excepções...! Meu respeito e muita admiração vão para esses oásis familiares.
Existe quase sempre o poder do Eu que soberbamente se quer impor!

Não entrem na correria da compra de presentes que nada representam se não houver sincero e singelo afecto. E só os dêem se com eles for todo o carinho sentido por vós e retribuído pelo ser que os recebe.

A partir do momento que as sociedades se deixaram invadir pelo contra valor do consumismo, esquecendo a verdadeira simbólica da fraternidade, a quadra do Natal - tradição, afecto, calor humano - sobrevive a muito custo.

Tenham pacíficos, leais e carinhosos dias de festas!

Distingam-se pela imensidão do afecto verdadeiro!


Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores

10.12.2006


Copyright ©2006-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

Licença Creative Commons

25 comments:

Andreia do Flautim said...

Antes de mais obrigada pela visita ao meu blog, volta sempre!

Pois é, antes de nos preocuparmos com o exterior, deviamo-nos preocupar com o nosso interior em viver o Natal.

DarkViolet said...

E lá vêm eles e elas a dizer bom natal nas sms...E ao longo do ano quando se pede para ter um pouco de tempo para estarmos com as pessoas que gostamos , elas dizem-nos :"nao temos temos, nem oportunidade ou dinheiro"..tretas, tretas, tretas...A pessoas são hipócrinas e não o admitem...parabéns ao tempo e ao orgulho!

Tiago said...

ola miosotis!

Primeiro que tudo um boa semana para ti e que não seja apenas mais uma...

Sinto nas tuas palavras, resignação, a força que ao poucos se dissipa, a perda de crença nas pessoas, o sentimento que tudo é o que é e pouco podemos mudar. tudo se esfuma no individualismo em que vivemos, as ambições que o Eu têm sobrepostas ao Nós. no entanto ainda existem aqueles que palavras como solidariedade, fraternidade e afecto, nao sao palavras de ocasião, nem ocas no seu sentido, nao sao palavras de um dia...

"o natal é quando o homem quiser"

bjs em tons de azul
tiago

Klatuu o embuçado said...

Optimista!

Miosotis said...

Bem-vinda Andreia a este espaço de alguns sentires.

Foi isso q tentei passar!
Há lá melhores presentes do q afectos verdadeiros!

Gosto mt de música e qd me deparo com alguém q dedica uma parte da sua vida a cultivar esse dom, eu detenho-me e deixo palavras de incentivo.

Mt sensibilizada pelo teu olhar aqui poisado.

Bons estudos musicais!

Miosotis said...

´Darkviolet'... é esse 'ditoso' engano q as pessoas gostam de viver!

É impossível 'tapar' tanto desafecto 'escudado' em falta de tempo com umas leves horas.

Por vezes, pode-se ñ ter dinheiro... mas afecto ñ se 'gasta'!

Sensibilizada pelo teu olhar poisado em meu espaço.

Miosotis said...

Fico sp sem saber como agradecer tuas afectuosas palavras, Tiago!

Antes de mais, mt sensibilizada pelos teus votos de uma boa semana!
E nem te vou/posso dizer o q têm sido as minhas últimas semanas...

Talvez me ñ tenhas lido mal... mas deixei claro q ainda acredito - 'uma ´resteazinha de luz/luar' - nos sentimentos de algumas pessoas. Poucas, cada vez menos nos dias q correm,admito.

Sem dúvida q haveria tanto para dar e receber...

Q tenhas uma feliz/carinhosa semana!

bjs em tons de azul luz

Miosotis said...

Bem-vindo 'embuçado' a este meu espaço de alguns sentires!

É preciso haver pessoas 'optimistas'! Serão elas q tentarão levar a cabo as mudanças 'radicais' q se impõem às sociedades actuais.

Sensibilizada pelo teu olhar aqui poisado.

Tacitus said...

Diferente mas sublime a árvore que retratas. Retribuo-te os pacíficos votos de boas festas , acrescentando mais um: bom resto de semana! Um abraço

Paulo said...

Olá!

O que se vê mesmo, são as pessoas querendo fazer tudo o que não fizeram durante o ano, fazerem agora. Concordo com vc.
E sobre os presentes o que mais importa são os sentimentos. Escreveu super bem!
Um bjo e um lindo fim de semana

Miosotis said...

Mt sensibilizada, Tacitus, pelo cuidado [sempre] em poisar um duplo olhar em meus sentires!

É o 'retrato' da sociedade em q vivemos... cansa! Tanta 'feira de vaidades'!

Um b-s!

[abraço]

Miosotis said...

Mt sensibilizada, Paulo! Escrevi sobre o q sinto.
As pessoas ñ fazem o mais importante... transmitir verdadeiro afecto aos q os rodeiam!

Lindo f-s para si tb!

bjs

Guilherme F. said...

Sabe sempre bem voltar e degustar as palavras. As tuas.
Agradeço as que deixastes.
Bjs
Gui

olhos cor do lago said...

Ainda bem que há pessoas que sabem que o natal são todos os dias....

Beijinhos

rui said...

Olá Miosótis

Falas de um tema muito importante, mas infelizmente não vamos deixar de festejar o Natal com os nossos, só porque existe muita injustiça no mundo.

Gostei do teu blog.


Bom domingo
Bj

Miosotis said...

Sensibilizada pelo teu olhar suave em meu espaço, Gui!
bjs

Miosotis said...

Natal é afecto fraterno, tempo para os outros, todos os dias!
Sensibilizada pelo teu poisar de águas serenas em meu espaço, 'olhos cor do lago'!
bjs

Miosotis said...

Bem-vindo Rui a este meu espaço de alguns sentires.

Natal é para estar 'com os nossos' ao longo do ano, e então neste dia especial, também!

Mt sensibilizada pelo olhar aqui poisado.

Bom domingo!
bjs

Brisa Intermitente said...

Esse é sem dúvida um tema muito triste de discutir, porque, simplesmente não deveria existir esse problema...infelizmente perdem-se a cada ano cada vez mais os verdadeiros afectos, suplantados pelo consumisto...

Saudações, gostei muito do espaço, cá voltarei

Clife said...

Leio consentindo com a cabeça cada palavra tua sobre tudo isto. Penso, sinto, o mesmo... e se soubesses o quanto.

E, não estranhes qualquer silêncio, pois por vezes um silêncio é sinal de uma presença que se move sem soltar ruído.

E, sim... parece que vão aparecendo mais amigas do que amigos, não sei o que Eles têm contra mim [risos]... e nem "Elas" a meu favor... [pensativo].

Um doce beijo num tom de azul que só tu conheces na sua essência... *

PS: vou ver o concerto dos Depeche Mode, RTP1... já tou atrasado.

Cris said...

Pratiquem o natal 365 dias por ano, não resumam o amor pelo próximo apenas quando as montras estão enfeitadas.....

Bjo

Cris

tiago dias said...

que os sentimentos verdadeiros nos relembrem os primórdios da nossa existência...

gosto da forma como pintas as palavras...

Miosotis said...

Mt sensibilizada pelo poisar do teu olhar em minhas palavras, Clife!

Se silêncio é sinónimo de 'presença q se move sem soltar ruído'... estarei + atenta [pensativa].

Particular essa 'sintonia' de estarmos à mm hora a ouvir na RT1 os 'Depêche Mode' :)

E hj lá estive na TV2 atenta a 'Jamiroquai'... interessante, nunca tinha ouvido nenhuma entrevista com ele!
Dois bons concertos!

bjs em tons azul...

Miosotis said...

Já sentira a tua ausência, Cris!

Acho q compreendeste bem a profundidade das minhas palavras!

Ñ há enfeites q substituam afectos...

bjs

Miosotis said...

Bem-vindo Tiago Dias [isto pq há outro Tiago] a este espaço de alguns sentires!

Neste momento, um profundo sentir...

Mt sensibilizada pelo teu olhar amistoso!