Saturday, January 15, 2011

Uma amiga diferente






O vídeo publicitou a 'European Pet Night 2010' que teve lugar no dia 24 Fevereiro no Parlamento Europeu.


Este ano, o evento terá lugar a 11 Fevereiro 2011, das 18:30 às 20:30 na Bibliothèque Solvay, em Bruxelas


Uma iniciativa que tenta sensibilizar os cidadãos europeus para os benefícios diários da companhia dos animais.


A European Pet Night mostra como os  animais mudaram as vidas de muitas pessoas em toda a Europa, tornando-se tantas vezes, os seus olhos, ouvidos pernas, companheiros de passeio ou simplesmente os seus melhores amigos.


Não, não poderia esquecer! Faz hoje um ano! Perdi a minha amiguinha felina de convivência diária e olhar atento! Aqui, sempre bem perto do computador, sentada na mesa de trabalho, por cima de toda papelada, aguardava dormitando, até que eu terminasse e desligasse a máquina.  


'Sensitiva, fiel, indomável, atenta, afectuosa, permanecerá comigo até  final de meus dias. O mundo foi mais fácil tendo-a por perto, sempre presente.' - escrevi nesse dia de desgosto profundo. É que há animais que são especiais! E ela era uma gatinha bem diferente. Como todo o puro siamês!


Houve poetas, vários, que exaltaram a amizade dos gatos, Baudelaire, Eugénio de Andrade e outros. É preciso uma sensibilidade muito própria para os entender... e eles entendem-nos tão sensitivamente, em cada movimento,  em cada inflexão de voz, em cada silêncio.


Penso que na altura as pessoas que por aqui passaram não compreenderam a dor que me abalou pela perda de uma gatinha siamesa, uma companheira fiel e atenta! Talvez não saibam o que é a dedicação de um animal... 


 "Às vezes sinto-me tão desesperado que me sento a escrever como quem chora".


Eugénio de Andrade 




Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores
15.01.2011
Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

7 comments:

Virgínia do Carmo said...

Mas eu entendo... há uma inocência genuína no afecto dos animais que me comove...

Beijinhos!

heretico said...

beijo.
julgo perceber teu desgosto

Nilson Barcelli said...
This comment has been removed by the author.
Nilson Barcelli said...

Quem já teve animais dentro de portas (tive um pequeno cão), percebe muito melhor a dor pela falta de um animal. Percebo, por isso, que não mais esqueças essa gata siamesa.
Querida amiga, boa semana.
Beijos.

Miosotis said...

... sim, 'os animais têm essa inocência genuína nos afectos'. Sabem, no entanto, distinguir quem os acarinha ou maltrata.

E depois, são tão sensitivos que tocam quase o 'paranormal'! Pressentem e sentem as tristezas ou alegrias dos que os acolhem. E sentem quando se vão, numa nobreza de atitude que comove :(

Um beijo, Virgínia

Miosotis said...

... eu sei que percebes meu desgosto, 'Herético'! Estás comigo há tanto tempo!

Um beijo,

Miosotis said...

.... não, não esqueço, Nilson! Faz parte da minha vida! Partilhou comigo tantos afectos e desafectos, sempre presente, sempre silenciosamente solidária! Ainda hoje, ao escrever sobre essa gatinha siamesa, meus olhos não resistem à saudade da lembrança sempre presente :(

Mais tarde, adoptei uma outra gata siamesa, abandonada na rua. Gosto dela, muito, e ela 'reconhe' o gesto de a acolher, 'perseguindo-me' em cada canto.
E entra em stresse até eu chegar de novo a casa.
Mas, apesar do carinho que lhe tenho, não substituiu, de modo algum, aquela gatinha... ela era especial...

Um beijo amistoso,
(boa semana, para ti)


2:11 PM, January 17, 2011