Saturday, March 31, 2007

Mãos





Fotografia: Rick Nederstigt |AFP 2007
http://news.yahoo.com/photos


"Não pensar, não prever, não analisar, agir. Agir. Num ápice saltei para a primeira fila e sentei-me na cadeira ao lado da tua. (...) Eu disse: Agarra a minha mão. Por favor agarra a minha mão. Por favor agarra a minha mão com a tua. Antes de te olhar, antes de descobrir a tua cara, os teus olhos, a tua perplexidade, antes de te olhar pela primeira vez, antes de te olhar, antes de mais nada, agarra a minha mão. Recebe a minha mão. Dá-me a tua mão. E tu não hesitaste e não perguntaste e não analisaste e não fizeste contas à vida. Sorriste só. A minha mão esquerda e a tua mão direita. Duas mãos segurando-se uma à outra."

Pedro Paixão
, Mãos, Asfixia, 

Quetzal Editores, Setembro 2006 


pequenos momentos de leitura que os dedoss vão folheando em olhar tranquilo
Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite, Katrine Madsen,
Waltz for Thor


01.04.2007 

Copyright ©2007-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

22 comments:

Spells said...

Pedro Paixão, acho que muita gente não percebe bem o que ele escreve, o que ele sente... onde muitos vêem angustia e desespero no que escreve eu vejo a verdade do dia a dia... acho que já te disse que é um dos meus escritores favoritos, adorei este livro. Obrigado por me fazeres relembrar de novo.

Aqui fica o meu sorriso e a minha "mão" para quando precisares de um suporte amigo.

Resto de bom domingo...
Tem uma linda semana.

nc

Miosotis said...

Nino, como já escrevi várias vezes, não falando de ter sido o autor escolhido para iniciar 'fragmentos' em 21.07.2005, Pedro Paixão é tb um dos meus autores preferidos! E tenho quase a certeza q fui das 'suas' primeiras leitoras, num tempo em q ele era praticamente desconhecido.

Tal como tu, nunca li nele angústias de gd questões filosóficas vivenciais. Leio sim, e por por isso gosto da sua escrita, o quotidiano poisado simplesmente na folha como se de um livro de notas se tratasse, claro está com preocupações literárias.

Este excerto passa-se numa sala de cinema [penso q deduzirão todos isso], mas ao contrário do q talvez tenhas interpretado, é o homem q pede o entrelaçar da mão :-)

De qq modo, fiquei mt sensibilizada pelo estender amistoso de tua mão para segurar na minha! Ñ esquecerei q estás atento!

Para ti, q posso desejar?! Muitas mãos femininas para segurar tua mão amiga?

Doce domingo em que o Sol brilha num sorriso bastante frio, e pouco sereno pelo vento!

bjs afectuosos

DarkViolet said...

Dançar com as mãos numa sala de cinema é algo muito especial. Quando o faço com alguém nessas salas escuras é porque para mim essa pessoa representa um sentimento positivo.
Flutuar entre os dedos suavizam Almas em brasas...Um toque embriagado em licores a debruçar imagens de feitiços

JuanBM said...

La foto es casi como una senda a uno mismo.... y el texto...que no conocía. Los instintos son como puentes que nos llevan a los demás y son sinceros...es a veces el yo el que se resiste a su implicación. Las manos que se buscan son los seres que reconocen en lo profundo de sí mismos la necesidad de los demás, para ser auténticos o seres enteros.

Saludos

LB said...

Excelente texto. Brilhante a selecção da imagem.

Beijinho.

(PS Já voltaram...)

Twlwyth said...

Um pedido tão simples, um momento tão especial.
Boa semana.

Rebirth said...

Já pensaste, amiga, que é isso que, de certa forma, fazes por mim e por tanta gente aqui? Não, não é a nossa mão que seguras, mas é aquele pedacinho de nós que te deixamos aqui de cada vez que escrevemos alguma coisa e tu tens a delicadeza de ler e comentar... no fundo, qual é a diferença? O importante é que estabelecemos uma espécie de laço, de ligação, sem pensar, sem hesitar, sem nos vermos, sem descobrirmos os nossos rostos e os nossos olhos; apenas partilhamos... espontaneamente...

:)

olhos cor do lago said...

Lindo, Miosótis, lindo...

Vai ver os trapinhos

Klatuu o embuçado said...

Não me diz muito o autor nem a obra.

Miosotis said...

Dançar com as mãos... uma expressão bonita e que tem uma vertente estética q acho linda ligada ao carinho, dark_violet!

Sem dúvida q o dar a mão implica cumplicidade e ternura entre duas pessoas. E é bom saber q tens várias 'cumplicidades' em tua vida nesse 'sauvizar d'Almas em brasas'.

Eu por mim, vejo o gesto de dar-se as mãos... como amplexo de doçura.

Mt sensibilizada pelo poisar de teu olhar em meu espaço!

Miosotis said...

Me encanta qué comprendas mi língua, Juan!
Tu interpretación de las palabras de Pedro Paixão [un contador de 'fragmentos' del cotidiano qué me gusta muchissimo] es muy humana y sensible!


Gracias por tu mirada tán profunda en mi casa!

Saludos amistosos

Miosotis said...

Mt sensibilizada pelo poisar sensível de teu olhar em meu espaço, LB!

Fui em busca de teu espaço 'fotográfico' mas terá ele actualmente outro nome?

bjs

Miosotis said...

Twlwyth, gosto de momentos simples, inteiros... porque são os verdadeiros, os especiais, aqueles q tocam a Alma!

Mt sensibilizada por poisar aqui teu olhar!

Boa semana, tb para ti!

Miosotis said...

Mt sensível e delicado o teu comentário, 'Rebirth'!
Ñ me dou conta do q posso fazer através de simples fragmentos de meu ser poisados nestes 'posts'... eles nascem do sabor/essência de minh' Alma!

Laços... acredito mais neles quando vivenciados, mas sim estendemos 'cadeias' de sentires q se entrelaçam e permanecem dentro de nós, como 'símbolos' de amizade... talvez mais verdadeira sim, sem rostos, pq despreocupada de conceitos/preconceitos.

Qualquer Ser é bem-vindo em minha existência quando imbuído do Bem!

Mt sensibilizada por poisares tão carinhoso olhar em meu espaço!

Miosotis said...

Mt sensibilizada pelo teu olhar amistoso aqui poisado, 'olhos_cor_do_lago'!

Trapinhos?! Em teu espaço?!

Miosotis said...

Possível, 'Klatuu'. Cada Ser tem seu sentir!

Mt sensibilizada pelo poisar de teu olhar!

rosa maria said...

E qts vezes é o quanto basta...
Fica um beijo

mago dos sonhos said...

Saudações!

O Mago, em textos antigos, presença sensível num comentário encontrou. Tens toda a razão quanto aos textos, mas aquele foi o último do seu género. O Mago, o teu conselho não levou a mal. Desejo-te uma Feliz Páscoa.

Sonhos Mágicos

Miosotis said...

Um gesto que pode ser a carícia mais bonita entre duas pessoas!

Mt sensibilizada pelo olhar poisado em meu espaço, Rosa Maria!

Feliz Páscoa!
bjs

Miosotis said...

Bem-vindo ao meu espaço, 'Mago dos Sonhos'!

Sabe q andei procurando... pq já não me lembrava o q teria comentado em seu espaço!

Faço sempre o possível por ser mt delicada... tanto quanto gosto q sejam para mim! Serenidade e doçura são apanágios q cultivo e me cativam!

Mt sensibilizada por aqui poisar seu olhar de 'mago'!

Feliz Páscoa também!

Klatuu o embuçado said...

Não entendo os comentários que fazes no meu blog... mas percebo que também não me percebes.

Miosotis said...

Não somos todos iguais... mas respeito os teus conceitos.
Temos ou somos portadores de sensibilidades diferentes.

Talvez te perceba melhor do q pensas...