Wednesday, March 29, 2006

Sons & Tonalidades




James
Fotografia Laurie Russinko

http://www.jamestheband.com


Não sei se pelo tempo chuvoso, se pela alma solitária, hoje apeteceu-me (re)ouvir James Live.
 

Há sons que mexem com as diferentes tonalidades de meu ser! Vozes que me chamam para diferentes viagens.


Não sou monocromática, tenho sons de muitas cores no meu imaginário e minha alma sente músicas de muitas expressões em fusão de sons. 

 
É como um livro! Há livros para momentos dispersos, para íntimos chorares, para expostas alegrias ao vento, para abertos lugares com encontros d'alma!


Livros e músicas vão de alma para alma! É o repescar de um sentir que vem bater-nos em cheio em mil paixões, ou simplesmente o entreabrir mansamente o espaço mais recôndito do nosso eu!

 
Mas a musica é o grito d'alma por excelência! É a expressão mais libertadora desta amálgama de seres e sentires que nos ocupa. É a implosão e a explosão! É a Alma em toda a essencialidade! É a eternidade! É a espiritualidade!


Há bandas que me expõem mais intensamente aos meus pulsares. Já falei neste blog de alguns grupos e sonoridades que me prendem! Variados!


Hoje, a alma pediu-me James! Uma banda ou grupo (não me prendo com essas pseudo definições) que aprecio incondicionalmente, pelos sentires que vai/vão rebuscar lá no âmago de meu ser! 
Se me perguntarem o que gosto ou gostava, já que a banda ou grupo, como lhe queiramos chamar se desagregou há poucos anos... acho que só falaria por metáforas usadas!

 
Tim Burton, o vocalista continua a solo. Mas... falta-lhe a fusão dos restantes tons/membros do grupo.


É como os Queen! A banda sem Freddy Mercury nunca mais pulsou aquela paixão que lhe dava o jeito musical próprio.


Beth Gibbons, vocalista dos Portishead! A magia das sonoridades desfez-se! 

 
E que será de U2 separada da inconfundível voz de Bono?!

 
Posso falar de alma no plural? Dualidade?! 
 
Há seres que só têm expressão em empatia com determinado(s) outro(s). E quando esta se desfaz, desfaz-se o encantamento, o despoletar de emoções, o explodir do Ser!


"Mil são as espécies dos homens, e mil os seus hábitos. Cada um tem o seu próprio querer, e vive com um sentimento que nem todos partilham." (...)

Nuno Júdice, Relendo Pérsio, Cartografia de Emoções


Miosótis (pseudónimo)
fragmentos da noite ao som de James, entre Say Something & Waltzing Along & Laid


29.06.2006

Copyright ©2006-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Licença Creative Commons
 


21 comments:

Cursed said...

Pessoalmente, para noites como ontem, escolheria Lullaby.

Mas continuo a ouvir as mesmas faixas vez após vez, com Sometimes, She's a Star, Blue Pastures, Laid, Lost a Friend, Out to get you, Oh sit down, Play Dead (excelente!), Tomorrow e Waltzing Along.

Já de há muitos anos que sigo James com bastante atenção, e, curiosamente, encontro para cada estado de alma uma faixa adequada.

Saudações,

.:Memories:.

miosotis said...

.:Memories:. q bom ler-te por aqui!

Ñ quis ser exaustiva, daí ter seleccionado três temas, embora outros (alguns comuns no gosto/sentir) me agradem mt!!

Qt a uma faixa adequada para cd estado de alma, é mm verdade!!

saudações_azuis

Eli said...

Olha, os livros são enigmáticos quando fechados e, mesmo lidos, escancarados, continuam a emanar o seu mistério, mesmo a quem o escreveu.
Também me deleito com a música...

:)

Clife said...

=)

***

Clife said...

Sim, tou bem ^^

espero k tb estejas, e

um beijo grande pa ti (:

miosotis said...

Eli, os livros são encantatórios, a(s) musica(s) libertadora(s)!

Sensibilizada por deixares teu olhar...
bj

miosotis said...

Sensibilizada, Clife, pelo cuidado e pelo sentir...
bj

Paulo said...

Olá,

Estou aqui pra retribuir sua visita e para conhecer o seu blog.
E gostei muito da forma que escreveu seu texto unindo duas coisas que gosto muito:
- Livros e músicas.
Formam uma bela dupla!
Os livros me levam ao conhecimento, as viagens por situações e lugares que jamais pensados, muitos no imaginários e outros por realidades.
E não consigo ficar se minhas músicas.
Gostei muito do seu blog!!!
Estarei por aqui sempre q puder.

Um ótimo final de semana

Nelita said...

sera????
amiga???
nao sei se seras tu mas gostei do blog, voltarei
um bejito bom fds (o k resta dele) lol

miosotis said...

Paulo, sensibilizada pela retribuição da visita e pelo olhar deixado em meu sítio!

Música e livros são as duas componentes da alma mais proximas da eternidade! Viajamos, voamos, libertamo-nos das amarras da vida e gritamos bem alto nossa identidade!

Espero q volte!

[abs]

miosotis said...

Sensibilizada pela tua visita e pelo olhar aqui gravado, Nelita!

Não me parece que já nos tenhamos cruzado na vida, mas a partir de hoje, de certeza :)

Espero q voltes!

Bom domingo!
[abs]

JL said...

Adoro música. Mas tenho uns gostos muito próprios.
Mas não é a música uma forma de sentir as coisas? Então é natural que a sintamos de forma diferente e diferenciada.
Se te disser que gosto de ouvir algumas de Júlio Iglésias, Joe Dassin, Maria Bethânia, e muitos outros, dirás: Bahhhh, que fatelice!!! :-)

Mas são os meus gostos e atrevo-me, como tu, a partilhá-los contigo.
Boa semana!

Carlos said...

AMO-TE ASSIM



Amo-te assim

Sem enfeites nem disfarces

Ungida pela água.

Cabelo corrido pelos ombros,

Olhos brilhantes de alegria e volúpia

Toda amor mar e harmonia

Como se tivesses descido do céu

E uma nuvem fosse o longo véu

Que nos envolvesse eternamente.

Å®t_Øf_£övë said...

Miosotis,
Cada um ao longo da sua vida vai construindo a própria "banda sonora" da sua vida. Eu tenho vindo a construir a minha, em que cada musica me lembra um momento, ou alguém em especial.
Quanto a James, também me faz lembra uma fase engraçada da minha vida. Gosto por vezes de ouvir, mas depende muito do meu estado de espirito.
Bjs.

miosotis said...

jl, a música q cada um de nós ouve ou aprecia, tem na realidad mt a ver com a sensibilidade própria.
Pode haver coincidências de sentires, mas mesmo assim, haverá certamente uma ou outra pequena "nuance"!

São raros os sentires em sintonia... mas existem seres que têm esse dom!
Uma gd felicidade para ambos q sentem a um só pulsar de vida!

Nunca diria tal coisa - "fatelice" - nem julgaria os teus gostos pesssoais! E sabes porquê? Porque te respeito :)

Ainda bem q vieste partilhar teus gostos comigo! Fico feliz!!

Uma boa semana para ti tb!

miosotis said...

Carlos, o poema q me deixou é de uma enorme sensibilidade! Sem palavras para lhe agradecer...
Tocou-me profundamente!

Só o mar - onde hoje estive em jeito de prece - lhe poderá levar meu sentir em sons do seu doce marulhar!

miosotis said...

Art, concordo com teu comentário! Cada um de nós tem sua 'banda sonora' que constrói e/ou destrói, consoante a vida e seus afectos.

'James' não passam de modo nenhum por uma fase engraçada de minha vida!

Aliás, gostei da expressão usada 'engraçada' para definir uma fase de vida!

bjs

BlueShell said...

A alma pede...a gente dá!
a música, sim, a música eleva a alma!
Gostei.
Uma noite cheia de “coisas DOCES”
BShell^^^***^^^***^^^***^^^^***
»»»***»»»***»»»***»»»***»»»***
«««***«««***«««***«««***«««***
»»»***»»»***»»»***»»»***»»»***
«««***«««***«««***«««***«««***

miguel said...

nqot mqy tqype, bqut iq lqike iqt asqwell

miosotis said...

BlueShell, feliz por te ler de novo!!

A alma pede tanto... q dificilmente é possível controlar o seu sentir!

Qt à musica, como escrevi, é a mais libertadora de todas as actividades estéticas ao nosso alcance, pessoas mortais, mas seres imortais!!

Agradeço teus 'doces' votos de boa noite...

bjs

miosotis said...

Miguel, sensibilizada pela tu visita, mas... mm q quisesse responder ao teu comentário, ainda não acedi a esse tipo de 'escrita' :)

Quem sabe, um dia...

saudações em forma sitosoim