Wednesday, December 10, 2014

As Mulheres no Dia dos Direitos Humanos





Este ano, em Portugal, foram assassinadas em média quatro mulheres por mês, no contexto de relações de intimidade, segundo dados divulgados hoje, Dia Internacional dos Direitos Humanos.


Uma mulher é assassinada por semanavítima de violência doméstica. Desde o início do ano e até ao final de Novembro, já foram assassinadas 40 mulheres no contexto de relações de intimidade e outras 46 foram alvo de tentativa do mesmo crime. Em Portugal.



Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres é assinalado todos os anos a 25 Novembro. Desde 2007 que este espaço, também um espaço de causas humanitárias, tem divulgado dados e acções que levem à reflexão.

Não foi possível divulgar o Dia para a Eliminação da Violência contra as Mulheres em Novembro.

Hoje, no Dia Internacional dos Direitos Humanos esta reflexão enquadras-se perfeitamente.

O relatório sobre violência contra mulheres e crianças foi divulgado hoje, dia 09 Dezembro 2014, pelo OMA (Observatório de Mulheres Assassinadas), no âmbito do Dia Internacional dos Direitos Humanos, que se assinala anualmente a 10 de Dezembro.

credits : European Commission

Também a violência contra as mulheres tem estado nas preocupações da União Europeia, já outros países da Europa padecem deste flagelo.


"Neste inquérito, as mulheres foram questionadas sobre as suas experiências de violência física, sexual ou psicológica, incluindo actos violentos perpetrados por um parceiro íntimo - violência doméstica -, bem como sobre a perseguição, o assédio sexual e o papel desempenhado pelas novas tecnologias nos abusos sofridos."
Maria Teresa Horta | As Meninas

Maria Teresa Horta acaba de lançar um livro de contos, As Meninas. Maria Teresa Horta traça, ao longo de trinta e dois contos, uma vasta e prodigiosa galeria de "Meninas". Quase todas negligenciadas, quando não abandonadas e maltratadas, que se entregam à imaginação, à magia ou à leitura salvadoras. 

"Meninas que são ela, mas que também são outras, inventadas ou recriadas, mas sempre reflexo do que se tem feito ao longo dos séculos a quem nasce mulher."

O meu tributo aqui fica. Zero Tolerância na Violência contra mulheres e jovens adolescentes!

Miosósotis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores

10.12.2014
Copyright ©2014-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com® 

2 comments:

Mar Arável said...

Boa e oportuna partilha

Bjs

Lune Fragmentos da noite com flores said...

Merecida, muito :-(

Com mutia mágoa, acrescento a Bruna, tão jovem...

Beijos