Saturday, December 20, 2008

I don't talk about it...

Galiano


François Guillot 2008
news.yahoo.com/photos


Ao início,

eu queria um instante.
A flor.

Mia Couto, Idades, Maputo 2006






Quero um beijo, pediu ela

Um sismo
abalo o peito dele.
E devotou o calor
da lava dos seus lábios,
entontecida água na cascata.

Quando terminou
ela tinha os olhos rasos de água.

Mia Couto, O Beijo e a Lágrima, Maputo, 2006


Miosótis (pseudónimo)


revisitando sentires depois de longa ausência em fragmentos da noite


20.12.2008
Copyright ©2008-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Licença Creative Commons  



12 comments:

Tiago R Cardoso said...

Belíssimo momento, enorme composição.

DarkViolet said...

Porque se pedem beijos?! Se ao esquartejar o silêncio o beijo virá na sinceridade, se não vier o espelho não tinha reflexo

Å®t Øf £övë said...

Miosótis,
Lembro-me ainda da primeira vez em que ouvi esta música cantada pelo Rod Stewart, já lá vão para mais de vinte anos (!!!). Na altura ela marcou-me profundamente, e ainda hoje me arrepio sempre que a oiço.
Aproveito esta minha passagem hoje por aqui para te desejar um FELIZ NATAL!!!.
Bjs.

Mateso said...

Para lá da música de palavras de Mia Couto, desejo-te Festas Felizes
Um beijinho

PiresF said...

Cara amiga, sem dúvida, uma sentida revisita.

Deixo os meus sinceros votos de um bom Natal e um Novo Ano repleto de realizações, para si e todos os seus.

Grande abraço.

Mateso said...

Mia e a doçura feita palavras que escorrem no sentir da gente. Lindo.

Um Bom Natal e um
beijinho.

Miosotis said...

... um post muito intimista, Tiago!
Ao meu jeito mais 'antigo'...

Uma linda composição! Uma excelente interpretação em duo!

Um beijo

Miosotis said...

O silêncio não deve ser 'esquartejado', 'Dark_'... apenas ouvido!

Tens razão! Um beijo não se pede! Recebe-se! Na sinceridade...

Há efectivamente muito 'espelho sem reflexo'.

Pelo olhar atento, sensibilizada!

Miosotis said...

Sempre que oiço este tema, me arrepio, 'Art'!
Faz parte do meu imaginário musical mais intimista!

Sensibilizada pelo olhar, e pelos votos amistosos de 'Feliz Natal'!

Que os teus momentos sejam doces e fraternos!

Um beijo

Miosotis said...

... pelo pensamento solidário e fraterno, sensibilizada, 'Mateso'!

Fraterno Natal para ti e todos os que te rodeiam!

Um beijo afectuoso

... não esqueças de participar no movimento universalista ao acender uma vela branca na noite de hoje! Obrigada!

Miosotis said...

Caro 'PiresF'... assim é! Uma 'sentida revisita'

Por vezes, os momentos poem-se diante de nós! Não podemos evitá-los!

Não sei como agradecer tão intensos e doces votos! Só retribuindo com a mesma sinceridade!

Muito sensibilizada!
Fraterno abraço,

Miosotis said...

Mia Couto é um escritor muito sensível! Eu adoro lê-lo!

Mais uma vez, muito sensibilizada pela ternura dos votos de Boas Festas aqui deixados!

Um beijo afectuoso,