Wednesday, September 21, 2011

Paz por um Dia





Hoje, dia 21 Setembro celebra-se a 'Paz por um Dia', Peace One Day em todo o mundo. Esta iniciativa teve origem em 1999, pelo inglês Jeremy Gilley, actor e cineasta documental.

A ideia é promover um dia por ano, sem conflitos, sem guerra ou qualquer outro tipo de violência.

A terceira terça-feira de Setembro foi consagrada pelas Nações Unidas como o Dia Internacional de Paz em 1981. Mas, perante o sucesso da iniciativa de Jeremy Gilley em 7 Setembro 2001, as Nações Unidas decidiram declarar então o dia 21 Setembro como o Dia Internacional da Paz, pedindo a cessação de qualquer acto de violência durante um dia.



Fundador: Peace One Day Jeremy Gilley
 Fotografia: Simone Joyner | Getty Images


Um dia de não violência nas escolas, nas famílias, nos locais de trabalho, nas comunidades locais, e a cessação de guerras e conflitos. 

Os meios de comunicação social mundiais associam-se a esta iniciativa, dando assim mais força a esta ideia, não publicando notícias sobre violência.


Jude Law | embaixador Peace One Day

O embaixador de Peace One Day é o conhecido actor inglês Jude Law.

Uma série de actividades estão disponíveis aqui

Impossível seria não participar no Paz por Um Dia! A palavra pela defesa de um ideal pacifista, num mundo que está cada vez mais violento.





"Pensemos en toda la tierra,
golpeando con amor en la mesa.
No quiero que vuelva la sangre
a empapar el pan, los frijoles,
la música: quiero que venga
conmigo el minero, la niña,
el abogado, el marinero,
el fabricante de muñecas,

(...)

Yo vine aquí para cantar
y para que cantes conmigo."

Pablo Neruda, Paz para los Crepúsculos Que Vienen (excerto)

Miosótis (pseudónimo)

fragmentos do dia com flores

21.09.2011
Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®


Sunday, September 11, 2011

Memorial





Reuters



Memorial | Getty Images




Falareis de nós como de um sonho. 
Crepúsculo dourado. Frases calmas. 
Gestos vagarosos. Música suave. 
Pensamento arguto. Subtis sorrisos. 
Paisagens deslizando na distância. 
Éramos livres. Falávamos, sabíamos, 
e amávamos serena e docemente.(...)

Jorge de Sena, Ode ao Futuro



Miosótis (pseudónimo)

11.09.2011

Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®