Thursday, October 28, 2010

Outubro Rosa





Mes Deux Seins
Journal d'une guérisson


Gostaria de não deixar passar Outubro sem dedicar um post, como sempre o fiz, a uma causa que sempre me moverá. Outubro Rosa, Mês Internacional da Saúde Mamária!

Em todo o mundo decorrem acções para apoiar tão nobre causa! Pessoas, marcas, cidades juntam-se fazendo deste mês o Outubro Rosa.

Em França, a realizadora de documentários Marie Mandy filmou a história da sua recuperação que foi transmitida dia 21 no canal France 2. Um documentário que é um grito mudo de alguém que não cruzou os braços no meio de tanto desespero.

"Nous, spectateurs, prenons l’annonce du diagnostic avec violence. Tressaillons quand l’aiguille s’enfonce dans sa chair. Et pourtant, aucun misérabilisme ni voyeurisme dans la démarche de se filmer. Ce documentaire est comme un formidable outil pour dire la peur autrement, le choc d’être soudain cataloguée dans la catégorie « malades », celui de ne pas subir mais de se battre."


Em Portugal pouco se fala, quase nada se informa. A nossa televisão atarefada com programas de futilidades, nem tempo tem para fazer uma emissão de divulgação sobre a doença que continua a matar  tantas mulheres. Não deixe, portanto, de visitar o sítio web da Liga Portuguesa Contra o Cancro aqui


Vida que às costas me levas
porque não dás um corpo às tuas trevas?

Porque não dás um som àquela voz
que quer rasgar o teu silêncio em nós?

Porque não dás à pálpebra que pede
aquele olhar que em ti se perde?

Porque não dás vestidos à nudez
que só tu vês?


Natália Correia, Mãos feridas na porta de um silêncio
Poesia Completa, Publicações Dom Quixote, 1999




créditos: Autor não identificado



"Ce film est comme un chemin initiatique pour Marie Mandy. Un encouragement géant à toutes les femmes qui souffrent d’un cancer, une leçon de vie aussi car Marie Mandy nous bluffe par autant d’élégance."



Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores para Marie Mandy

28.10.10
Copyright ©2010-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®


Wednesday, October 20, 2010

Tempo das palavras

Há um tempo para as palavras? Não sei! Este vídeo poema de José Luís Peixoto deixou-me introvertendo as palavras! É que em tantos momentos queremos falar e não abrimos as palavras com receio de importunar o outro. 


E na noite elas instalam-se baixinho, num doce toque dos lábios que se entreabrem só para... respirar.

Uma meditação sobre as palavras que se não ouvem 






sob o poema "Não há motivo para te importunar a meio da noite" de José Luís Peixoto.


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores

20.10.10
Copyright ©2010-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®



Tuesday, October 05, 2010

Um livro, um filme: Comer Orar Amar




Eat Pray Love, 2010



Julia Roberts/ Eat Pray Love

Já está nas salas comerciais, mas não fui ver, ainda. Espero não perder! Não é à toa que gosto de Julia Roberts. Independentemente de ser uma mulher bonita, ela sabe ter carisma, e é detentora de uma carreira cinematográfica remarcável. Entre várias interpretações, destaco o filme, também de carácter autobiográfico, Erin Brockovich. Deu-lhe o 'Oscar de Melhor Interpretação Feminina'. Um filme fabuloso. Recomendo.



François Duhamel/AP
http://d.yimg.com

Acompanha-a Javier Bardem, um actor que prima sempre pela qualidade das suas interpretações. Inolvidável o primeiro filme que vi com o actor Mar Adentro de Alejandro Amenábar.



Julia Roberts & Javier Bardem | Eat Pray Love

Comer Orar Amar, realizado por Ryan Murphy, é baseado num livro que li em tempos soltos, na época de praia. Gosto de leituras mais despretensiosas em tempo de lazer, sobretudo no verão. E comecei a lê-lo por abordar o tema yoga e saber que Julia Roberts interpretava a personagem Liz Gilbert. Já referi várias vezes que gosto de filmes que partam das possíveis leituras de um romance.


Elizabeth Gilbert

Fui em busca nas livrarias desta obra de Elizabeth Gilbert, escritora que me era completamente desconhecida. E fiquei atónita com o número de edições. Além do mais, na capa podia ler-se 'Recomendado pelo Oprah Book Club'! Hesitei! Afinal, não sou nada fã de 'clubites' e muito menos de clubites de livros! 

Repensei! Peguei no livro, sentei-me, numa das mesinhas do agradável espaço livreiro, pedi um café que acompanhei saboreando um pequeno chocolate. Hum! Duas coisas que sabem mesmo bem! E fui lendo alguns excertos, lentamente, ao mesmo tempo que saboreava o café.





Bom! Acabei por comprar e li, claro, cruzando com outras leituras como é meu hábito.

Um romance autobiográfico! Aprecio este género! Uma mulher que atravessa momentos difíceis até conseguir reencontrar-se. Para isso, acha por bem afastar-se da sua vida quotidiana, e percorrer vários países, experienciar diferentes caminhos até se reencontrar... e reencontrar o amor. Ideal, mas nem sempre possível!


A parte da espiritualidade foi a que mais me atraiu no livro embora, por vezes, tratada com alguma leveza, sobretudo no filme. 

Para sentir um pouco o lado autêntico desta experiência autobiográfica, Julia Roberts levou  sério esta sua incursão espiritual no filme, e foi mais longe. Encontrou-se com o guru do ashram onde a segunda parte do filme decorre.





Julia Roberts e Swami Dharmdev | AP file

Better Days que ouviram durante o vídeo é um dos temas que mais aprecio. Interpretado por Eddie Vedder, o vocalista dos Pearl Jam que contribuiu para a banda sonora.

Já ouvi belíssimas referências! Banda sonora, paisagens e claro, interpretação dos dois actores.

Talvez consiga vê-lo hoje, já que é feriado!

Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite com flores
05.10.10
Copyright ©2010-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Licença Creative Commons