Sunday, April 26, 2009

Saber ler!



Não estive por cá para poder mencionar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor!

Mas pude celebrá-lo, já que durante as viagens de comboio , ida e volta, e no pouco tempo que me ficava, ao final do dia - tempos de trabalho - quando regressada ao hotel, me embrenhava na leitura de algumas páginas.



Sendo assim, aqui deixo um excerto que transmite muito do que penso sobre o direito inaliável que não está a ser concedido a tantas homens, mulheres e crianças no mundo! 


O direito de saber ler!


"A Hanna não sabia ler nem escrever.
Por essa razão, para evitar o confronto com os peritos em grafologia, confessara ter escrito o relatório. Seria também por essa razão que ela falara de mais durante o processo? Por que não tinha podido ler o livro da filha, nem o texto de acusação e, portanto, ignorava as suas hipóteses de defesa e não pudera preparar-se convenientemente?


(...)

Por essa razão? Eu podia compreender que se envergonhasse de não saber ler nem escrever, e que preferisse comportar-se comigo de uma maneira inexplicável em vez de se revelar.

Mas seria possível que a vergonha de não saber ler nem escrever explicasse também o comportamento da Hanna durante o julgamento e no campo de concentração? Que preferisse ser acusada de um crime a passar por analfabeta? Que cometesse um crime por ter medo de se mostrar analfabeta?


Bernhard Schlink, O Leitor, Edições Asa, 1ª edição 1998



Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores, tema instrumental com belíssimo solo de piano, banda sonora do filme baseado no livro "O Leitor".

26.04.2009
Copyright ©2009-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®


Licença Creative Commons





Monday, April 20, 2009

Lembrando Columbine



foto: Kevin Moloney/Getty Images)

3
My Captain does not answer, his lips are pale and still,

My father does not feel my arm, he has no pulse nor will,

The ship is anchor'd safe and sound, its voyage closed and done,

From fearful trip the victor ship comes in with object won;

Exult O shores and ring O bells!

But I with mournful tread,

Walk the deck my Captain lies,

Fallen Cold and Dead.


Walt Whitman, O Captain! My Captain!

Leaves of Grass, 1900


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores, um pensamento por Columbine

20.04.2009
Copyright ©2009-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®  


Wednesday, April 08, 2009

Meditando sobre Aquila





Terramoto Aquila (Itália)
 Filippo Monteforte | AFP|Getty Images 2009




AP PhotoAlessandra Tarantino 2009


http://www.boston.com/bigpicture/




REUTERS | Chris Helgren 2009




Até é possível que eu tenha razão,
meu deus, e que tu existas apesar
de tudo. é possível que estejas no
fundo dos bancos de areia, onde
os rios se perdem; ou nesse vago
canavial que repete o teu nome,
que ninguém consegue ouvir. (...)

Nuno Júdice, , Cartografia de Emoções, 
Publicações Dom Quixote, 2001

 
Miosótis (pseudónimo)

(em sinal de mágoa por Aquila e seus habitantes, numa Páscoa tão desigual)

08.04.2009
Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Thursday, April 02, 2009

A Maurice Jarre : cinema, música, vida!




Ghost (1990)
http://www.imdb.com



Ghost | Patrick Swayze & Demi Moore
http://www.imdb.com


Hoje uma notícia me abalou no silêncio que venho mantendo! Os afectos movem-nos a dedicar à música, ao cinema uma parte da nossa vida. E, raramente um bom filme existe sem uma uma excelente banda sonora.




Maurice Jarre (1934-2009)
credits: Johannes Eisele/Reuters

Daí, hoje ter ficado bem triste ao saber que Maurice Jarre, célebre compositor francês, autor de inesquecíveis bandas sonoras morreu. Detentor de vários Oscars.

Tantas as bandas sonoras de filmes que permanecem no imaginário poético de muitos de nós, eu poderia relembrar aqui. Lawrence da Arábia, Doutor JivagoClube dos Poetas Mortos ou Ghost!

Ghost tem um particular lugar na minha memória poética. Acredito na vida para além da vida. E sinto que os entes queridos que partem, não se afastam definitivamente de nós.






E, como estou no campo da música, cinema, vida, vem a propósito. A RTP1 exibiu De-Lovely, um filme de carácter autobiográfico sobre Cole Porter, um dos compositores norte-americanos importantes de canções, sempre intimistas. 

Um verdadeiro clássico da música contemporânea norte-americana. O meu preferido, neste género de música! Canções imortais.




De-Lovely (2004)



Cole Porter | Kevin Klein &  Ashley Judd


Fora ver De-Lovely ao cinema, quando passou em circuito comercial. Um encantamento para o olhar. E uma banda sonora de sonho. E
splendorosa, grandes cantores muito consagrados na música pop. E excelentes actores. 

Fiquei de novo presa ao filme, em frente ao televisor. Bem afundada no sofá, seguindoa história, ouvindo 
as melodias eternas. Afectos de alma! Amor, sentimento que poucos se atrevem hoje a abordar.







O amor constrói-se nas diferenças! Mas há sintonias, sim! Não como jogo, mas como sentir comum que se frui, se partilha entre lágrimas, sorrisos simples, gargalhadas soltas!

O amor é transformador, 'redentor', enriquecedor! O autêntico. Aquele que perdura.


Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores02.04.2009
Copyright ©2011-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®