Monday, February 25, 2008

Em noite de Oscars 2008





Expiação | Atonement (2007)
Joe Wright

http://www.imdb.com


Juno | June
Jason Reitman

http://www.foxsearchlight.com/juno/



O Vale de Elah| In the Valley of Elah
Paul Haggis

http://www.imdb.com/



Sweeney Todd Sweeney Todd
The Demon Barber of Fleet Street
http://www.sweeneytoddmovie.com/

Regra geral, os filmes para a corrida aos Oscars aparecem quase todos ao mesmo tempo no circuito comercial português. E depois, não há tempo para ver os mais interessantes, antes da cerimónia.

Há filmes nomeados que ainda não vi. Estão nesse caso Haverá Sangue  (There Will Be Blood), interpretado por um dos meus actores favoritos Daniel Day-Lewis, desde o inesquecível filme My Left Foot e Este País não é para Velhos dos irmãos Coen, baseado no livro de Cormac Mccarthy.

Mas, indubitavelmente, os meus favoritos são mencionados nesta postagem.


Sweeney Todd está nesta lista, não pela história em si, não apreciei muito, mas pela excelente banda sonora e pela interpretação de Johnny Depp. Um actor  versátil fabuloso que admiro desde o poético Eduardo Mãos de Tesoura (Edward Scissorhands).




Le Scaphandre et le Papillon
http://www.imdb.com

Filme estrangeiro, O Escafandro e a Borboleta (Le scaphandre et le papillon), de Julian Schnabel (França 2007) baseado no livro de Jean-Dominique Bauby, premiado no Festival de Cannes 2007, Melhor Realizador.

Os meus 'intimos afectos'? Expiação (Atonement)! Logo seguido de Juno!


Poderá ver aqui a galeria dos Academy Award Nominees (New York Times)

Miosótis (pseudónimo)

fragmentos em noite de
Oscars som Farewell Atonement, Dario Marianelli


24.02.2008
Copyright ©2008-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®

Licença Creative Commons 


Wednesday, February 20, 2008

Amy Winehouse



Amy Winehouse
Kevork Djansezian | AP 2008



Amy Winehouse
Peter Macdiarmid | Getty 2008
Visual estranhamente esfuziante, mas profundamente carismático, Amy Winehouse prende o nosso olhar!

Entre a panóplia que é todo o seu eu, corpo em tatuagens, vestidos coloridos, penteado retro, maquilhagem bem ao estilo do anos 60... apenas o seu olhar nos atrai!

Sim, o seu olhar! E aquela suave e angustiante nostalgia triste que se desprende, em notas soltas como mágoas, timbres melódicos de outras vivências, a voz mais soul da actualidade.



Amy Winehouse
Peter Macdiarmid | Getty 2008
Grammy Awards 2008
foto: autor não identificado
Vida complexa, amores difíceis, contornos devastadores, na sua voz, ela é inigualável!

Gosto de Amy Winehouse, antes mesmo de Amy 
se tornar famosa pela estrondosa vitória nos Awards 2008! Ouvia-a frequentemente na Internet.

Quando a olho, revejo Janis Joplin na angústia! Quando a oiço, lembro Hazel O'Connor na sua voz timbrada e melodicamente forte! A expressão da amargura sem retorno... essa leva-me a Billie Holiday

Oiço compulsivamente o tema Love is Losing Game. Este mesmo. 







Miosótis (pseudónimo)

fragmentos da noite com flores, sonoridades intimistas em noite de lua cheia

23.02.2008

Copyright ©2008-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®


Licença Creative Commons

Sunday, February 17, 2008

Em tarde de chuva



Itália
foto: AP/HO
http://news.yahoo.com/photos

E ela abriu a janela, espreguiçou-se languidamente, e aspirou em profundas sorvedelas, os aromas que subiam do mar cintilante e daquelas árvores frescas,  frondosas, em jeito de orla ao deslumbrante cenário aberto, oceano imenso à sua frente.

O céu estava tranquilo, nuvens soltas como flocos de branca espuma deslizavam sobre o imenso horizonte e seus olhos quedaram-se absortos, como que invadidos por aquela acalmia universal que vinha depositar-se esparsamente.

E então...

Mergulhada
de frente p'ra minha almasolidão, vejo passaras nuvens soltas e leves brancas transparentes como meu coração.
Meus olhos vestidos
d'um azul céu claro pastel
aquele azul doce com
que sempre me visto
quando contigo sonho!

E são tantas tantas as vezes
que me quedo entrada no infinito...

©Miosótis (pseudónimo)


Ficção em jeito de poesia, numa tarde de intransigente cinzento-chumbo, quando o mar pardo de inverno se transmuta para escorraçar meus passos. 

O cheiro a maresia dispersa-se no ar húmido e chuvoso. E assim, permaneço selada, sem espaço ao sonho e ao universo, a não ser esta janela imaginária.

Se o vento ignora o meu sentir por que sopra cenários serenos, imaculados, diluídos nos sons das gotas minúsculas que teimosamente caem desse céu que deveria estar engalanado de azul numa tarde de quase primavera?!

Miosótis (pseudónimo)

texto original, publicado sob pseudónimo em 01.05.2007
(mote escrito em 18.08.2005)






fragmentos  da tarde chuvosa sem flores, com Chuva, Mariza

17.02.2009

Copyright ©2009-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®  

Monday, February 11, 2008

Tempos e silêncios






René Magritte, Tempête



René Magritte, montage
www.google.com/


"O dia não quebrava os sonhos, podia-se dormir de olhos abertos, e a vida gozoza e fácil como o jogo e o sonho. Podiam-se abrir os braços e gritar: Eu vivo..." 


Teolinda Gersão, A Árvore das Palavras, 1997


Há algum tempo que escrevo pouco, muito pouco sobre o que sinto ou penso!

Deixo pequenos retalhos de coisas minhas - falo das leituras, algumas vezes das músicas - e neles passam muito dos meus anseios, sentires! Mas, soltar meu pensamento tem-me sido teimosamente difícil!

Motivo aparente?! Alguns, bem sei! Fortes, tremendos!

Tenho dificuldade de expressar em palavras soltas, na brisa da noite, aquelas pequenas coisas, por vezes doces, outras vezes áridas, que me transportavam, acalentavam ou angustiavam!

Habituara-me aqui a poisar muitos desses fragmentos como quem fala. Em monólogo!

Sei que foi mais um dia de silêncios! E também uma noite de pensamentos cerrados. Lamentos de sonoridades pausadas.

E no entanto, o dia esteve lindo! Lá longe, o sol poente em contraponto com o mar apenas adivinhado pela cor de prata entre nuvens laranja e azul cobalto.


Com o final de tarde a bater nas vidraças luminosas e quentes. Percorri distraidamente o horizonte majestoso, tranquilo, imensamente acolhedor!




"If the dream is a translation of waking life, waking life is also a translation of the dream.”
Rene Magritte

Miosótis (pseudónimo)


fragmentos da noite, som Ryuschi Sakamoto, Energy Flow

11.02.2008

Copyright ©2008-fragmentosdanoitecomflores Blog, fragmentosdanoitecomflores.blogspot.com®